Análise: Apesar da vitória, Flamengo ainda busca futebol ideal para a Libertadores
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Análise: Apesar da vitória, Flamengo ainda busca futebol ideal para a Libertadores

Jogo contra o Boavista foi mais um teste para a disputa da competição mais importante da América

cayopereira
Cayo Pereira

Convenhamos que o Campeonato Carioca até agora, para o Flamengo, não tem sido nada além de jogos-teste de preparação para a disputa da Libertadores. A boa vitória por 3 a 0 contra o Boavista pode ter sido um sinal de evolução da equipe, em relação ao futebol jogado até agora.

A desconfiança da torcida sobre a estrutura do time e a qualidade do jogo mostrado contra o River Plate, tem um pouco de sentido. Com grandes peças no elenco, o Fla ainda tem dificuldade para se acertar em campo e manter um padrão de jogo dentro das partidas.

Dois tempos diferentes...

Jogando com os titulares, a equipe jogou um futebol pouco criativo durante a primeira etapa. Em raros momentos, a defesa do time de Saquarema foi ameaçada. Diego e Everton Ribeiro mostraram pouco e Henrique Dourado não conseguiu levar perigo ao gol defendido pelo goleiro Rafael.

Entretanto, o segundo tempo foi uma atuação de manual. Pressionando o Boavista e demonstrando um futebol da altura que o elenco pode mostrar. O gol de Rodinei saiu de uma falha da defesa, contudo, era a gota de confiança que faltava para o time deslanchar na partida. Mesmo em vantagem, o Fla foi pra cima e conseguiu criar inúmeras chances. Curiosamente, os gols vieram de bola parada. Zico assinaria embaixo as cobranças de falta magistralmente cobradas por Diego e Lucas Paquetá, uma qualidade dificilmente mostrada entre os jogadores no Brasil.

No ângulo fica difícil né, Rafael? (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
No ângulo fica difícil né, Rafael? (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

A sombra...

Até o momento, Henrique Dourado não se mostrou o mesmo jogador de 2017, o artilheiro do Brasileirão. Mesmo com três gols em seis jogos, a torcida pegou no pé do Ceifador. Após algumas chances desperdiçadas, o centroavante ouviu os gritos de 'Guerrero, Guerrero' dos presentes no Raulino de Oliveira. O peruano já poderá voltar aos treinos no final de Março, entretanto, só volta aos campos em Maio.

Calma, Nação!

Falta ao Flamengo equilibrar as ações e evoluir como um time. Individualmente, o Rubro-Negro conta com grandes nomes do futebol brasileiro, mas ainda falta uma grande atuação no ano. Quem sabe contra o Emelec? É o que a torcida espera e é o que o time pode produzir. 

VAVEL Logo

    Flamengo Notícias

    há 2 dias
    há 3 dias
    há 7 dias
    há 10 dias
    há 9 dias
    há 10 dias
    há 13 dias
    há 19 dias
    há 20 dias
    há 20 dias
    há 23 dias