Em jogo eletrizante, Paysandu bate Santos-AP e sai em vantagem nas quartas da Copa Verde
Foto: Ronaldo Miranda/Especial à VAVEL Brasil

Em jogo eletrizante, Paysandu bate Santos-AP e sai em vantagem nas quartas da Copa Verde

Peixe da Amazônia busca empate por duas vezes, mas Papão é mais eficaz nas finalizações e sai vitorioso em partida de cinco gols

reportermateus
Mateus Schuler
Santos-APAxel; Diego Carajás (Daelson, min. 79), Preto Barcarena, Dedé e Eduardo; Lessandro e Denílson (Almir, min. 55); Jeferson Jari e Willian Fazendinha; Jean Marabaixo (Erik, min. 76) e Bruno Lopes. Técnico: Edson Porto
PaysanduMarcão; Maicon Silva, Diego Ivo, Perema e Matheus Müller; Willyam (Cáceres, min. 44) e Nando Carandina; Fábio Matos (Danilo Pires, min. 83); Mike (Walter, min. 62), Cassiano e Moisés. Técnico: Dado Cavalcanti
Placar0-1, min. 1, Mike; 1-1, min. 2, Jeferson Jari; 1-2, min. 18, Fábio Matos; 2-2, min. 66, Jeferson Jari; 2-3, min. 73, Walter
ÁRBITROJonathan Antero Silva (RO). Cartões amarelos: Lessandro (min. 39), Willian Fazendinha (min. 58) e Matheus Müller (min. 60)
INCIDENCIASPartida de ida das quartas de final da Copa Verde 2018, disputada no Zerão, em Macapá, no Amapá

Motivado por garantir vaga nas semifinais do Paraense, Paysandu visitou o Santos-AP no jogo de ida das quartas de final da Copa Verde 2018 na noite desta quinta-feira (8). Em partida realizada no Zerão, em Macapá, o Papão levou a melhor sobre o Peixe da Amazônia por 3 a 2,  com gols assinalados por MikeFábio Matos WalterJeferson Jari, duas vezes, descontou.

Para a volta, que será realizada na próxima quinta-feira (15) na Curuzu, os bicolores levam vantagem de poderem perder por até um tento de diferença, contanto que marquem ao menos uma vez. Já os alvinegros, por outro lado, vão precisar vencer por duas ou mais vezes para seguir buscando a conquista inédita do torneio regional, esperando definição de Manaus ou Rio Branco-AC, que empataram em 1 a 1 nessa quarta-feira (7) e fazem o segundo jogo só no domingo (18).

Os paraenses voltam a jogar, pela 9ª rodada do Parazão, às 16h desse domingo (11) em clássico com o Remo no Mangueirão. O confronto, no entanto, vai ser apenas para cumprir tabela, uma vez que já avançou à semifinal por ocupar a liderança do Grupo A1 com 19 pontos ganhos e não poder ser ultrapassado.

Por valer classificação, ainda que fosse apenas a ida, os times tiveram um começo de duelo bastante eletrizante, com um gol para cada lado antes mesmo do relógio chegar a cinco minutos. Aos 44 segundos, em bom lance de Cassiano, Mike recebeu na pequena área, tirou de dois e chutou no fundo do gol. Em sequência, após cobrança de escanteio, os defensores do Papão não afastaram e Jeferson Jari mandou para o gol.

Torcedores do Papão compareceram em bom número ao Zerão (Foto: Leon Martins/Especial à VAVEL Brasil)
Torcedores do Papão compareceram em bom número ao Zerão (Foto: Leon Martins/Especial à VAVEL Brasil)

Ainda que mantivessem o equilíbrio, as equipes seguiram intensas em busca do segundo tento no jogo, com o bicolor sendo recompensado. Maicon Silva fez boa jogada pelo lado direito e levantou dentro da área para Moisés. O atacante ajeitou de peito, na medida para Fábio Matos soltar o pé e recolocar os paraenses em vantagem.

Para o segundo tempo, os treinadores decidiram não realizar mexidas, mostrando satisfação com o que foi apresentado durante o primeiro e tentando seguir com o mesmo ritmo. Mais determinado, o Peixe criou o primeiro bom momento quando Willian Fazendinha levantou dentro da pequena área e Dedé completou ao gol, porém o goleiro bicolor fez um milagre para evitar o empate.

A intensidade seguiu e, com isso, os alvinegros foram recompensados com uma nova igualdade no marcador. Em cobrança de escanteio com perfeição, Lessandro resvalou e Jeferson Jari, surgindo como uma bala, mandou para o fundo do barbante. No minuto seguinte, Diego Carajás até puxou contra-ataque veloz, contudo a defesa mostrou boa postura e afastou o perigo.

Como quem não faz, leva, os visitantes tiraram proveito de descuido e conseguiram voltar a ficar à frente do placar pela terceira vez no duelo. O lateral-direito Maicon Silva cruzou na área, Cassiano mandou tirando da marcação de cabeça e a sobra caiu no pé de Walter, que acabara de entrar. O camisa 19 teve o trabalho de completar e dar números finais ao confronto.

VAVEL Logo

Paysandu Notícias

há um mês
há um mês
há um mês
há 2 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 3 meses
há 4 meses