Em revanche, Atlético-PR goleia Rio Branco e segue invicto no Campeonato Paranaense
(Foto: Miguel Locatelli / Site Oficial CAP)

O Atlético Paranaense entrou em campo neste sábado (10), pela terceira rodada da Taça Caio Júnior, segundo turno do Campeonato Paranaense. A partida realizada na Arena da Baixada contra o Rio Branco, terminou em goleada. Os 7x1 aplicados pelo Furacão, foi a maior goleada da competição e manteve a invencibilidade da equipe, que busca vaga na final.

Precisando da vitória para se consolidar na competição, a partida começou com domínio total da equipe da casa. Logo nos primeiros minutos de jogo, o Furacão pressionou o Rio Branco e a pressão surtiu efeito. Aos 11 minutos, em falta cobrada em dois tempos, Matheus Anjos tocou para João Pedro que acertou o belo chute no ângulo, sem chance para o goleiro Jhones.

O Atlético Paranaense continuou pressionando mesmo depois de ter aberto o placar, e aos dezessete minutos ampliou. Matheus Anjos e Éderson trocaram passes próximos perto da área, à bola sobrou para João Pedro que não desperdiçou e tocou na saída do goleiro. Segundo gol do meio-campista no jogo.

Pensando mais em se defender, o Rio Branco não levava perigo para equipe do Atlético que controlava todas as ações do jogo. O Leão só chegou à primeira vez com perigo com 20 minutos de partida, quando Rodrigo Jesus arriscou de fora da área e passou muito perto do gol, na única chance criada pelo Rio Branco até aqui na partida.

Na tentativa de resolver logo o jogo, João Pedro mais uma vez levou perigo ao gol do Leão, dessa vez em chute de fora da área que passou perto do gol, mas no lance seguinte, o meio-campista que vinha fazendo ótima partida ficou no chão em uma dividida e acabou sendo substituído por Alex ainda no primeiro tempo.

O Furacão seguia pressionando o Rio Branco e não permitia nenhum espaço para os visitantes; aos 38 minutos, Alex, que substituiu João Pedro, fez boa jogada pela esquerda e tocou para o atacante Èderson que finalizou com tranquilidade e ampliou o placar. 3x0 para o Furacão. O Rio Branco ainda mostrou força e reagiu logo depois de tomar o terceiro gol. Tcharlles arriscou de fora da área, a bola desviou na defesa e enganou o goleiro Caio

A segunda etapa voltou ainda com o Atlético mandando no jogo, mas sem sofrer sustos, a equipe diminuiu o ritmo e passou a administrar o placar. O Rio Branco, apesar de arriscar mais na segunda etapa seguia se mostrando indefeso para o Furacão e viu sua situação piorar, com Willian Thuram sendo expulso depois de cometer falta em Alex. Se aproveitando da situação, a equipe rubro-negra ampliou o placar logo depois da expulsão. Diego recebeu na área e cruzou, Bruno Guimarães, de frente para o gol, estufou as redes. 

Depois da expulsão o Atlético voltou a ser mais perigoso e encontrou muitos espaços. Em cobrança de escanteio, Matheus Anjos ficou com a sobra e cruzou na cabeça de Léo Pereira que mandou por cima do goleiro Jhones, ampliando para o time da casa. O Furacão ainda marcou mais duas vezes. Aos 33 minutos, Nicolas chutou cruzado e não perdoou, e aos 42 minutos, Alex pressionou a saída de bola do Rio Branco e roubou a bola do goleiro Jhones que errou o passe e colocou números finais no jogo. Atlético-PR 7 x 1 Rio Branco.

O Atlético-PR tem compromisso no meio da semana. Na próxima quinta-feira (15), as 21h30, no estadio Castelão, o Furacão entra em campo para enfrentar o Ceará pela terceira fase da Copa do Brasil. O próximo compromisso pelo Campeonato Paranaense está marcado para domingo (18), as 19:00, contra o Londrina na Arena da Baixada.O Rio Branco também joga no domingo (18), ás 16h, na Estradinha, em Paranaguá, contra o Prudentópolis

VAVEL Logo