Em jogo morno, Cruzeiro empata com Patrocinense e reencontrará equipe nas quartas do Mineiro
Foto: Divulgação/Cruzeiro

Em jogo morno, Cruzeiro empata com Patrocinense e reencontrará equipe nas quartas do Mineiro

Gol irregular no fim do confronto marcou o empate celeste, que foi as redes com Rafael Marques

matheus-caldas
Matheus Caldas
PatrocinenseNeguetti; Angelo, Diegão, Deoclécio e Mateus Mendes; Bruno Moreno, Leomir, Mario César, Diogo (Marcelo Régis) e Ademir (Gênesis); Jeferson (Juninho Arcanjo). Técnico: Wellington Fajardo.
CruzeiroRafael; Ezequiel, Dedé, Digão e Marcelo Hermes; Lucas Silva; Rafael Marques, Bruno Silva (Nonoca), Mancuello e Raniel (Marcelo); Judivan (Sassá). Técnico: Mano Menezes.
Placar0-1, min. 71, Rafael Marques. 1-1, min. 84. Gênesis.
ÁRBITROEmerson de Almeida Ferreira. Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Márcio Eustáquio Santiago.
INCIDENCIASPartida válida pela 11ª rodada do Campeonato Mineiro 2018, realizada no estádio Pedro Alves, em Patrocínio/MG.

Sem muito o que almejar neste final da fase de pontos corridos do Campeonato Mineiro de 2018, o Cruzeiro foi até Patrocínio com uma equipe praticamente reserva e até o treinador foi poupado, já que Mano Menezes também ficou em Belo Horizonte. Resultado? Jogo morno e empate em 1 a 1 com a Patrocinense, em partida válida pela 11ª rodada. Rafael Marques marcou para a Raposa e Gênesis fez o tento de empate dos donos da casa.

Na primeira etapa, o goleiro Neguetti, não chegou a fazer uma defesa sequer, e isso mostra como a raposa teve dificuldades de criar. O jogo foi bastante truncado, e o time da capital até teve mais a bola, porém não conseguia chegar para finalizar. O time do Patrocinense por sua vez, mesmo sem mostrar muita criatividade, chegou ao gol de Rafael por duas oportunidades, porém esbarrou no goleiro azul.

No retorno para o segundo tempo, a equipe do Cruzeiro continuou apática e viu o time do interior crescer. Aos sete minutos, Dedé tirou uma bola dentro da pequena área impedindo o gol do time mandante. Porém, foi só. O jogo voltou a se mostrar fraco tecnicamente até que, aos 26 minutos, Mancuello encontrou Rafael Marques, que dominou no peito, tirou do goleiro e empurrou para o fundo das redes. 1 a 0 Cruzeiro. Esse foi apenas o segundo gol do atacante em sua passagem no clube mineiro.

A partir do gol, a equipe de Patrocínio se viu obrigada a partir pra cima, já que com a derrota, se via fora da zona de classificação para o mata-mata. E em lance irregular, aos 39 minutos, o atacante Gênesis, entrou na área e bateu rasteiro para empatar a partida.

O placar garantiu um reencontro entre as equipes na próxima semana, em dia e horário a serem definidos pela Federação Mineira de Futebol. A vantagem do mando de campo é cruzeirense, devido a melhor campanha da primeira fase.

VAVEL Logo

Cruzeiro Esporte Clube Notícias

há 14 dias
há 18 dias
há 22 dias
há 25 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês