Grêmio vence Internacional e quartas de final do Campeonato Gaúcho terá clássico Gre-Nal
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Grêmio vence Internacional e quartas de final do Campeonato Gaúcho terá clássico Gre-Nal

O Tricolor dominou a primeira etapa, abrindo a vantagem de 2 a 0, mas o Internacional voltou com tudo do intervalo, diminuiu a vantagem, porém não alcançou o empate

ritielimoura
Ritieli Moura
InternacionalMarcelo Lomba; Dudu (Gabriel Dias), Klaus, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson, Nico Lopez, D’Alessandro e Patrick (Wellington Silva); Roger (Marcinho). Técnico: Odair Helmann.
GrêmioMarcelo Grohe; Madson (Alisson), Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Jailson, Maicon, Ramiro, Luan e Everton (Marcelo Oliveira); Jael (Michel). Técnico: Renato Portaluppi.
Placar0-1, Luan. 0-2, Luan. 1-2, Rodrigo Dourado.
ÁRBITROJean Pierre Lima apita a partida, auxiliado por Rafael da Silva Flores e Lúcio Beiersdorf Flor.
INCIDENCIASPartida válida pela sexta rodada do Campeonato Gaúcho, realizada no estádio Beira-Rio.

Após um ano sem clássico Grenal, Internacional e Grêmio voltaram a se enfrentar na tarde deste domingo no estádio Beira-Rio. A partida, que era válida pela sexta rodada, teve um tempo de domínio para cada lado, mas a vantagem gremista prevaleceu.

Com superioridade na primeira etapa, o Tricolor abriu vantagem com dois gols de Luan. Na segunda, o Internacional voltou para dominar e diminuiu com Rodrigo Dourado.

O resultado deixou o Inter na terceira colocação na tabela, com 18 pontos, enquanto o Grêmio terminou a primeira fase em sexto lugar, com 16. Com isso, as equipes voltam a duelar já nas quartas de final, sendo a primeira partida na Arena do Grêmio e outra novamente no Beira-Rio.

O clássico foi marcado, também, pela substituição do árbitro. Jean Pierre Lima sentiu caimbras e o quarto árbitro, Jonathan Pinheiro assumiu o apito. Além disso, o técnico colorado Odair Helmann foi expulso após discutir com a arbitragem. 

Grêmio domina e abre vantagem 

As equipes começaram a partida trocando passes conforme tinham a posse de bola. A primeira finalização do clássico foi gremista, que aparecia mais no campo de ataque, após cobrança de escanteio, a bola chegou fora da área para Maicon, que mandou dali mesmo, mas a bola saiu pela linha de fundo. O Internacional por sua vez, quando tinha a bola no pé procurava ir para cima, parando na defesa adversária.

Foi do lado Tricolor, também, a primeira chance de gol. Luan recebeu pelo meio, se livrou da marcação e invadiu a área, enxergando Jael, que na saída de Lomba chegou chutando, mas mandou para fora. Passados os 20 minutos de jogo ainda era o Grêmio que tinha maior posse, trocando passes próximo a área de ataque. Já o Internacional jogava fechado, procurando oportunidades nas sobras para sair em contra-ataque.

Precisando de pontos para garantir a classificação, o Grêmio tratou de fazer a lição. Jailson deixou para Cortez, que avançou pela esquerda e cruzou para Luan, que apareceu livre para mandar para a rede. Minutos depois, Éverton avançava e foi derrubado na área por Cuesta, o árbitro marcou pênalti. Luan foi para a cobrança, colocando no canto direito do gol, para ampliar o placar.

Atrás no placar, o Inter procurava sair com a bola para partir ao ataque, mas encontrava dificuldades na troca de passe. O único ataque colorado na primeira etapa saiu da tabela entre Edenílson e o atacante Roger, que finalizou em cima da defesa. O primeiro tempo foi de superioridade Tricolor, fazendo justiça ao placar de 2 a 0. 

Inter se recupera, diminui vantagem mas não alcança empate

O Internacional voltou para a segunda etapa determinado a reverter a situação. Logo aos 3 minutos de bola rolando, D’Alessandro cobrou escanteio na área e Rodrigo Dourado subiu mais que a defesa gremista para diminuir a vantagem no Beira-Rio. O gol deu ânimo ao time colorado, que passou a ir para cima do Grêmio, que pareceu ter sentido.

Chegados os 15 minutos, o Inter continuava a pressionar, mas sem levar grande perigo. A primeira chegada gremista ao ataque foi aos 16’, quando Cuesta fez falta em Maicon. Na cobrança, Jael soltou a bomba e bola saiu após desviar na defesa.

Enganou-se quem acreditava que a parada para a substituição da arbitragem iria esfriar a equipe colorada. O time permaneceu com o domínio da partida, assustando a defesa do Grêmio. Já o Tricolor tinha dificuldades de permanecer com a bola e chegar ao ataque.

Antes do apito final o Colorado ainda deu dois grandes sustos. O primeiro com Nico López, que escapou da defesa e finalizou à direita do gol de Marcelo, e a segunda com D’Alessandro, que em cobrança de falta mandou muito perto do ângulo. Apesar da insistência do Inter, a vitória foi gremista.  

VAVEL Logo

    Sport Club Internacional Notícias

    há 16 dias
    há 20 dias
    há 20 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses
    há 2 meses