Na volta ao Maracanã, Fluminense vence Nova Iguaçu e garante vaga nas semifinais do Carioca

Tricolor marca dois gols em menos de 20 minutos e conta com falha de Júlio César na etapa final

Na volta ao Maracanã, Fluminense vence Nova Iguaçu e garante vaga nas semifinais do Carioca
Vitória marcou o retorno do Flu ao Maracanã (Foto: Lucas Merçon / Fluminense)
Fluminense
2 1
Nova Iguaçu
Fluminense: Júlio César, Reginaldo, Gum e Ibañez; Gilberto, Douglas, Jadson, Sornoza e Ayrton Lucas; Robinho (Matheus Alessandro) e Pedro (Pablo Diego) Técnico: Abel Braga.
Nova Iguaçu: Jefferson, Daniel Damião, Murilo Henrique, Raphael Azevedo e Lucas; Vinícius Matheus (Iuri Pimentel), Paulo Henrique (Raphael Neuhaus), Caio Cezar, Wescley e Dieguinho; Vinícius Paquetá (Robinho) Técnico: Edson Souza.
Placar: Pedro, aos 11 minutos do primeiro tempo (FLU); Reginaldo, aos 18 minutos do primeiro tempo (FLU); Iuri Pimentel, aos 21 minutos do segundo tempo (NIG).
ÁRBITRO: Lenílton Rodriggues Gomes Júnior
INCIDENCIAS: Jogo válido pela quinta rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca 2018.

O retorno ao Maracanã na noite deste domingo (11) não serviu de inspiração para Fluminense e Nova Iguaçu. Em jogo morno, o Tricolor venceu o Carrossel da Baixada por 2 a 1, pela quinta rodada da Taça Rio. Pedro e Reginaldo marcaram para os mandantes, enquanto Iuri Pimentel, contando com falha de Júlio César, descontou.

Com Renato Chaves e Marcos Jr poupados e Richard suspenso, o Fluminense iniciou a partida impondo seu jogo e não levou muito tempo para abrir o placar. Aos 11 minutos, após bate e rebate na área, Pedro pegou a sobra e marcou o seu quinto gol na temporada. Inofensivo, o time visitante apenas assistia o Flu jogar.

Aos 18 minutos, Sornoza cobrou escanteio e Reginaldo, sem marcação, marcou o segundo gol tricolor na partida. Com 20 minutos, o time de Abel vencia por 2 a 0 em um jogo que mais parecia um ''treino de luxo''. Após a parada técnica, entretanto, o Nova Iguaçu conseguiu ficar mais com a bola e, assim, diminuiu o ímpeto do Flu, mas nada que alterasse o placar ou ameaçasse a supremacia do Flu na etapa inicial.

Reginaldo herdou vaga de Renato Chaves e marcou o segundo gol do Flu (Foto: Lucas Merçon)
Reginaldo herdou vaga de Renato Chaves e marcou o segundo gol do Flu (Foto: Lucas Merçon)

O segundo tempo começou em um ritmo bem mais lento. Com a situação tranquila, o Fluminense pouco empolgava, enquanto o Nova Iguaçu tentava sair mais para o jogo. Assim, o time da Baixada diminuiu o placar. No primeiro lance de perigo da etapa final, Caio Cézar arriscou de longe, Júlio César falhou e rebateu a bola para área, onde Iuri Pimentel aproveitou a sobra para marcar.

O tento de Iuri, que poderia ter incendiado o jogo, na verdade, não fez tanta diferença. Os dois gols muito cedo frearam a ambição do Flu, que se limitava apenas ficar com a posse de bola, enquanto o Nova Iguaçu, inferior tecnicamente, não mostrava forças para reagir. E assim permaneceu até o apito final.

A vitória garantiu o Fluminense nas semifinais do Carioca. Invicto na Taça Rio, o Tricolor agora soma 13 pontos, enquanto o Nova Iguaçu, ainda sem vencer, amargura a lanterna. No próximo domingo (18), o Flu encara a Cabofriense, no Moacyrzão. Antes, porém, viaja até Santa Catarina, onde encara o Avaí na quinta-feira (15), pelo jogo de volta da Copa do Brasil. O time da baixada fecha a Taça Rio contra o Macaé.