Geromel é convocado por Tite e não atuará em Gre-Nal decisivo do Gauchão

Zagueiro Tricolor deve ficar de fora do segundo Gre-Nal das quartas de final e na primeira partida das semifinais do Gauchão, caso o Grêmio avance

Geromel é convocado por Tite e não atuará em Gre-Nal decisivo do Gauchão
(Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

O técnico Tite realizou na manhã desta segunda-fera (12) a convocação para os amistosos da Seleção Brasileira diante da Rússia e Alemanha, que acontece nos dias 23 e 27 de março. Esse será o último teste da Seleção antes da Copa do Mundo. O zagueiro do Grêmio, Pedro Geromel foi convocado para os testes e pode desfalcar o Tricolor nas fases decisivas do Gauchão.

 

 

Pedro Geromel chegou no Grêmio em 2013 com alguma desconfiança do torcedor e aos poucos foi conquistando seu espaço entre os titulares da equipe Tricolor. O zagueiro foi fundamental nas conquistas recentes do Grêmio: Copa do Brasil (2016), Copa Libertadores da América (2017) e Recopa Sul-Americana (2018).

Hoje, ao lado do argentino Kannemann, tem a confiança total da torcida do Grêmio. As atuações seguras no sistema defensivo deixam mais tranquilo o goleiro Marcelo Grohe. Geromel recebeu a notícia da convocação após grande atuação no clássico Gre-Nal do último domingo (11), que terminou com vitória Tricolor em pleno Beira-Rio.

A vitória do Grêmio na última rodada do Gauchão colocou o Internacional novamente no caminho da equipe Tricolor, nas quartas de final. Com a convocação, Geromel será desfalque de Renato Gaúcho para a segunda partida do clássico, no Beira-Rio, além do primeiro confronto das semifinais da competição, caso o Grêmio avance de fase.

Ao ser questionado sobre um possível desfalque do zagueiro no Grêmio, Tite disse que não chegou a conversar com os dirigentes Tricolores. O treinador ainda falou que mais três atletas da equipe estão em seu radar:

"Não conversei com a diretoria do Grêmio. Temos que nos ater ao lado técnico, o que entendemos ser importante. Eu assisti treinamentos, a comissão técnica tem assistido diferentes jogos, atletas... A gente procura, dentro de quem nos abre, nos permite, uma aproximação maior. Mas seria antiético, não seria transparente, se não olhássemos o lado técnico. Geromel merece pela grande Libertadores e pelo grande Mundial. Ele, Luan, Arthur, que ficou três meses parado, Grohe, todos estão no nosso hall de observação. Mas seria injusto se eu não convocasse o Geromel, não ficaria bem comigo mesmo", afirmou o treinador da Seleção Brasileiro.