"A gente não esperava por esse resultado", diz Yago Pikachu após revés contra a Universidad de Chile

Cariocas jogam mal, deixam a torcida impaciente e são derrotados por um adversário pouquíssimo inspirado

"A gente não esperava por esse resultado", diz Yago Pikachu após revés contra a Universidad de Chile
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O Vasco estreou com derrota na fase de grupos da Copa Libertadores. A equipe carioca, que se classificou após participar da fase preliminar da competição, jogou de igual para igual, mas o baixíssimo nível técnico da partida fez com que o resultado de 1 a 0 fosse definido em falha individual de Paulão, já na reta final da partida.

Martín Silva, goleiro vascaíno e grande nome da equipe, falou sobre a atuação e a decepção com o resultado.

"A gente estava indo bem, às vezes ficando demais na linha de fundo. Aí em um lance que perdemos a marcação, deu o meio para o rival e eles completaram. A gente podia ter evitado. Agora é levantar a cabeça e buscar pontos fora de casa. Sabemos que é difícil, mas para o Vasco não é impossível".  

Yago Pikachu, lateral-direito da equipe e artilheiro dos cariocas na competição, também expressou o abatimento da equipe com a derrota: "A gente não esperava por esse resultado. Jogar em casa tem que ser nossa fortaleza e temos que conseguir os resultados positivos. Infelizmente a gente não conseguiu. Agora é levantar a cabeça e buscar pontos fora de casa".

Um dos afetados pela virose que atingiu alguns jogadores do elenco, Paulinho entrou no segundo tempo, foi bastante incisivo, mas não produziu o suficiente para colocar sua equipe à frente no placar. 

"No primeiro tempo estávamos um pouco apáticos. Nervosismo atrapalhou. Agora é trabalhar e com os treinamentos resolver os problemas. Daqui pra frente é só pensar em ganhar, é briga de cachorro grande. Temos que entrar em todos os jogos para vencer", disse o jovem de dezessete anos, ressaltando a postura que deve ser adotada pela equipe após o resultado negativo.