Após eliminação, Abel reitera necessidade de reforços e sai em defesa de Dudu: "A culpa é nossa"
Foto: Divulgação/Fluminense FC

O Fluminense precisava vencer o Avaí nesta quinta-feira (16) por, ao menos, um gol de diferença para forçar uma decisão por pênaltis em busca da vaga para a 4ª fase da Copa do Brasil. Não aconteceu. O Tricolor saiu derrotado da Ressacada por 1 a 0. 

Precisando vencer, o Flu chegou a ficar com um a mais por 12 minutos, após a expulsão de Getúlio. Mas, aos 29 minutos da etapa derradeira,  após entrada dura em Luan, Dudu recebeu cartão vermelho, tirando qualquer esperança de classificação tricolor. 

"Nós estávamos com um a mais com ele em campo. Botamos o Dudu. Você viu quantas bolas passou na entrada da área? Eu coloquei, para mim empatar ou perder o jogo era a mesma coisa. Não é a culpa dele, você acha que ele merecia vermelho? O árbitro foi extremamente rigoroso. A pena foi quando coloquei o Dudu pelo lado do campo, ia aumentar o espaço. Foi complicado", declarou Abel Braga, eximindo Dudu de qualquer culpa. 

Com a eliminação na Copa do Brasil, resta ao Flu esse ano três campeonatos: o Carioca, Brasileiro e a Copa Sul-americana. Para o decorrer da temporada, entretanto, o técnico tricolor frisou, mais uma vez, a necessidade de reforços. 

"O Fluminense está seguindo um caminho dentro daquilo que tem possibilidade. Tem que reforçar mais, é natural. Temos um grupo de jogador de linhas de 23, 24 jogadores. Isso como ano passado com 10 formados na base. Isso no futebol brasileiro é muito pouco, primeira ou segunda divisão. Sabemos que tem que chegar mais gente se passasse ou não de fase", disse o comandante. 

VAVEL Logo