Cassiano brilha e Paysandu avança às semifinais da Copa Verde com nova vitória sobre Santos-AP
Foto: Fernando Torres/Paysandu

A vitória conquistada ainda no jogo de ida deixou o Paysandu mais tranquilo na noite desta quinta-feira (15) ante o Santos-AP nas quartas de final da Copa Verde 2018. Com atuação inspirada de Cassiano, que marcou três vezes, o PSC levou a melhor sobre o Peixe da Amazônia ao vencer por 4 a 2. O outro gol foi marcado por Mike, enquanto Willian FazendinhaDhonata descontaram, em partida realizada na Curuzu, em Belém

O Papão agora aguarda definição de Rio Branco-AC e Manaus, que vão jogar nesse domingo (18), às 18h (de Brasília), na Arena da Floresta. No mesmo dia, às 16h, o bicolor volta a atuar em seus domínios e recebe o Paragominas na 10ª rodada do Campeonato Paraense. Os alvinegros estreiam no Amapaense apenas no próximo dia 24 de março diante do São Paulo, no Estádio Zerão, em Macapá.

Com a invencibilidade sob comando de Dado Cavalcanti encerrada no clássico contra o Remo, no último final de semana, o Paysandu foi a campo mais cauteloso, mesmo com a vantagem. De início, a pontaria e a criatividade não andaram conjuntas, até Nando Carandina fazer uma jogada individual e cruzar na área. Cassiano não alcançou, mas a sobra caiu no pé de Mike, que chutou firme para abrir o placar.

Apesar da superioridade, o PSC não estava calibrado nas finalizações e perdeu boas chances, o que deu motivação ao Santos-AP nos minutos finais do primeiro tempo. Willian Fazendinha surgiu com liberdade em cruzamento na pequena área e bateu cruzado, sem dar possibilidade a Marcão de defender.

Papão sai à frente, mas cede empate ao Peixe da Amazônia no intervalo (Foto: Fernando Torres/Paysandu)
Bicolor sai à frente, mas cede empate ao Peixe da Amazônia no intervalo (Foto: Fernando Torres/Paysandu)

Na etapa final, os times voltaram sem substituições, dando a entender que os treinadores demonstraram satisfação com o desempenho dos 45 minutos iniciais. Os bicolores, no entanto, voltaram mais ligados do susto e insistiram até serem recompensados quando Cassiano roubou a bola, tabelou com Moisés e finalizou no canto direito.

A persistência continuou mesmo com o placar favorável, enquanto que os alvinegros procuraram espaços para tentar voltar a deixar igualado novamente, porém sem sucesso. Walter cobrou falta na pequena área, Mike tocou no meio do tumulto e Cassiano apareceu inesperadamente para apenas completar.

Não demorou e a vitória, que já era boa, se tornou em goleada. Renato Augusto deu bom passe para o autor dos últimos dois tentos, que saiu de frente para Axel. O goleador dos paraenses mostrou que estava em noite iluminada e invadiu a área antes de mandar por cima do goleiro, que nada pôde fazer para evitar.

Mais relaxados, os anfitriões até tiveram chance de marcar pela quinta vez com Mike, contudo não a aproveitaram. Através da bola parada, os amapaenses conseguiram impedir placar mais elástico. Dhonata bateu firme e ainda contou com desvio na barreira que surpreendeu Marcão, morrendo no fundo do barbante.

VAVEL Logo