"Deixa ela torcer": torcedoras do Grêmio se mobilizam contra machismo no futebol
Foto: Karen Laux / Arquivo Pessoal

Devido aos acontecimentos envolvendo machismo contra torcedoras e jornalistas em estádios de futebol, um grupo de mulheres gremistas, chamado “Gurias do Grêmio”, que surgiu no Facebook e se estendeu para o  Whatsapp, se uniu para mobilizar uma campanha contra atos ofensivos ao público feminino em ambientes que envolvem futebol. Com a hashtag #DeixaElaTorcer, elas reivindicam espaço nas arquibancadas, pedindo respeito.

Em apoio às mulheres que sofreram no domingo passado, queremos começar a falar, antes do próximo Gre-Nal. Por isso, algumas gurias pensaram a hashtag #deixaelatorcer, pra unir relatos de experiências como torcedoras afetadas pelo machismo”, escreveu Daniela Flor, participante do grupo de torcedoras, para explicar a iniciativa.

A mobilização começou no início da tarde da última sexta-feira (16) nas redes sociais e pouco tempo depois a hashtag já estava na terceira posição nos trending topics do Twitter no Brasil. Torcedoras de diversos clubes brasileiros também aderiram a ação e tuitaram a favor das mulheres junto com as gremistas, postando fotos com as camisas de seus clubes.

Estamos cansadas de dizer que sabemos a regra do impedimento. De sempre justificar nosso sentimento pelo esporte e pelo clube que torcemos. Estamos cansadas de sentir medo de ir ao estádio fazer aquilo que mais amamos. Futebol é para todos, inclusive mulheres”, Foram as palavras de Lauren Laux, torcedora do clube gaúcho.

Além do Twitter, a hashtag foi utilizada no Facebook e Instagram. Nessas redes sociais as meninas também postaram fotos com legendas expondo o que desejam para si e outras mulheres apaixonadas pelo esporte.

A ideia das idealizadoras da mobilização é levar as ações para além da internet. Elas pretendem levar cartazes com a hashtag para o próximo clássico Gre-Nal, que será realizado na Arena do Grêmio, e futuramente promover debates. O intuito da torcida feminina gremista é também que torcedoras do Internacional participem, mostrando que a força feminina gaúcha está acima da rivalidade.

VAVEL Logo