Thiago Larghi elogia elenco do Atlético-MG e exalta importância de Cazares e Elias
Foto: Divulgação/Atlético

O Atlético-MG de Thiago Larghi ganhou nova cara em pouco mais de um mês sob o comando do interino. Com a vitória em cima do América-MG, o Galo construiu a vantagem no primeiro jogo das semifinais do Campeonato Mineiro e pode chegar à final com o empate. As mudanças realizadas pelo treinador no Alvinegro deram nova cara para  a equipe atleticana. 

No clássico contra o Coelho, pela semifinal do Estadual, Larghi testou o esquema de três volantes e ainda colocou Elias em uma nova função, o jogador atuou como meia com a entrada de Gustavo Blanco.

“O Elias eu não considero que seja um volante. Sinceramente, o Elias é um segundo volante pra meia. O nosso trabalho fica muito em função naquilo que a gente vê no dia a dia, do modo como a gente pensa o jogo. Usar o Elias ali, temos a necessidade de um segundo volante. Imagina: a gente tiraria o Cazares do meio. A gente imagina que perderia a posse da bola no meio. É preciso também repetir uma certa formação e acreditar em um modelo de jogo se é que a gente quer chegar a algum lugar”, afirmou. 

Larghi também ressaltou a importância de Cazares no meio campo da equipe atleticana. Segundo o treinador, o jogador poderá apresentar crescimento em seu desempenho caso exerça uma função que facilite sua movimentação em campo.

“Ele é importante na construção, é um jogador que tem muita técnica e ajuda a gente manter a posse da bola. E ele vindo de trás é importante por isso, porque ele vem e não joga de costas. Ele vem de frente e entra na área de frente, e aí conseguiu uma chance de finalizar e fazer o gol. Então, eu não quero que ele fique de costas. Ele é um jogador que precisa de mexer e entrando de frente é favorável para o jogo dele, que é rápido e técnico”, salientou.

VAVEL Logo