Com dúvidas no time titular, Paysandu fecha preparação para enfrentar Bragantino-PA
Última atividade da equipe bicolor foi realizada na Curuzu, palco do confronto decisivo (Foto: Ronaldo Santos/Paysandu)

A derrota sofrida por 2 a 0 para o Bragantino-PA, na ida das semifinais do Campeonato Paraense 2018, não foi bem digerida pelo Paysandu, pois vai precisar vencer por dois ou mais gols de diferença. Consciente da desvantagem, Dado Cavalcanti deixa em aberto quem vai a campo, no entanto não sinaliza novidades, devendo manter os titulares.

Mesmo sem mexer na estrutura tática, o comandante pode promover entradas de Renato Augusto - já recuperado de lesão - e Danilo Pires. A primeira ainda segue como dúvida devido ao quadro clínico do volante bicolor, já que não atuou no primeiro jogo e vinha ocupando a vaga de Willyam.

Na armação, entretanto, Fábio Matos vem caindo de produtividade e o comandante pode acionar Danilo. Antes fora por contusão, o armador se recondicionou fisicamente e entrou nos últimos compromissos, que dá possibilidade de iniciar entre os 11 diante do Tubarão. De resto, no entanto, os demais devem ser os mesmos por viverem bom momento.

Lateral-direito Maicon Silva demonstra confiança para reverter desvantagem (Foto: Fernando Torres/Paysandu)
Lateral-direito Maicon Silva mostra confiança para reverter a desvantagem (Foto: Fernando Torres/Paysandu)

Um dos mantidos é o lateral-direito Maicon Silva, que está confiante e motivado para reverter. Em 2014, diante do Atlético-PR ao defender o Londrina, viu sua equipe sair derrotada por 3 a 1 e golear por 4 a 1 na volta. O lateral usa o resultado histórico alcançado como motivador ao encarar o time de Bragança.

"Na última vez que vivi isso, revertemos o resultado e fomos campeões do Paranaense. Claro que isso não quer dizer nada, mas já serve para a gente não desistir em momento algum. Eu falei um pouco ao grupo disso que vivi, porque vou levar ao resto da minha vida, já que aquele momento ficou marcado. É o que levo e vou levar ao jogo", declarou o camisa 2 do PSC.

A última atividade do Papão foi na Curuzu, palco do confronto decisivo das 18h desse sábado (24). Caso não tenha nenhuma nova ausência, o treinador deverá definir o Lobo no 4-2-1-3 com: Marcão; Maicon Silva, Edimar, Diego Ivo, Matheus Müller; Renato Augusto (Cáceres) e Nando Carandina; Fábio Matos (Danilo Pires); Moisés, Cassiano e Mike.

VAVEL Logo