Thiago Larghi elogia postura ofensiva do Atlético-MG no clássico e explica mudança tática na equipe
Galo de Larghi soma 66% de aproveitamento (Foto: Divulgação/Atlético)

Há pouco mais de um mês sob o comando do Atlético-MG, Thiago Larghi levou a equipe alvinegra para a final do Campeonato Mineiro. Neste domingo (25), o técnico viu seus comandados superarem o América-MG, por 2 a 0, na Arena Independência. 

Desde que assumiu o Galo, Larghi soma oito vitórias, três empates e uma derrota. São 18 gols marcados e apenas seis sofridos. Mesmo com o forte poder de marcação, o Alvinegro voltou a ter intensidade no ataque, relembrando o estilo 'Galo Doido'. 

“Foi uma partida que, quem viu desde o começo, viu que desde o primeiro minuto o time foi para cima, nos 10 primeiros minutos tivemos quatro ou cinco oportunidades de gols. Tínhamos a vantagem do empate, mas não jogamos em cima dessa vantagem em hora nenhuma. O time foi para frente, como eu acredito que é o DNA do clube, é um time ofensivo, que marca forte, que tenta o gol a todo instante. Foi um resultado em que fomos premiados no segundo tempo com os dois gols, e conseguimos a terceira vitória em cima deles com justiça, não teve lance polêmico e falamos de futebol”, disse.

Durante a segunda etapa de partida, Thiago Larghi fez uma mudança tática. O treinador sacou Luan e promoveu a entrada de Gustavo Blanco. Com o volante em campo, Elias passou a atuar como meia e teve mais liberdade para chegar ao ataque. Tal mudança resultou no segundo tento alvinegro.

"Ali a gente entendeu que com a presença do Blanco em campo poderíamos adiantar o Elias. E fomos felizes. O Elias entrou na área, ele como um meia que ele é. Ele tem que defender e atacar, sendo atacante, sendo ponta. Futebol hoje em dia tem que exercer as funções de ataque e defesa da mesma forma. E o Elias foi muito feliz. Que bom que conseguimos a vitória”, completou.

O primeiro duelo da final do Campeonato Mineiro será no próximo domingo (1º). O Galo recebe o Cruzeiro, às 16h, na Arena Independência. A equipe celeste eliminou o Tupi nas semifinais e tem a vantagem do empate para garantir o título do Estadual.

VAVEL Logo