Atlético-PR e Maringá disputam vaga na final da Taça Caio Júnior
Foto: Miguel Locatelli / Site Oficial CAP

O Atlético-PR enfrenta o Maringá neste domingo (25), as 20h na Arena da Baixada, em jogo decisivo. A partida é valida pela semifinal da Taça Caio Júnior que será disputada em jogo único. O confronto vale vaga na final do segundo turno do Campeonato Paranaense. O outro jogo da semifinal será entre Paraná e Londrina. O campeão da Taça Caio Júnior enfrenta o Coritiba, que conquistou a Taça Dionísio Filho e já tem vaga garantida na final do estadual.

O Furacão se classificou com tranquilidade; líder e único invicto na competição, a equipe rubro-negra conquistou sua vaga com uma rodada de antecedência. O Maringá também fez boa campanha no segundo turno. Mesmo com a derrota para o Paraná na ultima rodada, a equipe garantiu a vice-liderança do grupo A e a vaga para semifinal, alem disso a classificação confirmou o Maringá na Série D do Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil 2019.

O técnico rubro-negro Tiago Nunes comentou sobre a vantagem de atuar em casa, conquistada graças a melhor campanha do grupo B. “Ao lado do nosso torcedor, as chances de vencer aumentam. Temos a expectativa de contar com a presença da torcida para buscar a classificação”, comentou o treinador rubro-negro.

A equipe terá o retorno dos jogadores poupados na última rodada da fase de grupos contra o Toledo. Pierre e Emerson, que foram titulares, devem retornar ao banco de reservas; Tiago elogiou os atletas. “Eles são pilares importantes nesta campanha toda”, afirmou o técnico. Alem disso, Zé Ivaldo, Matheus Anjos e Bruno Guimarães que normalmente disputam a Copa do Brasil sob o comando de Fernando Diniz, deverão está em campo neste domingo.

A convocação desses jogadores mostra a preocupação da equipe com o time do Maringá.  “A equipe do Maringá tem qualidade e acredito que não vai ficar só atrás. Mas, se ficar, temos que nos movimentar bastante para o buscar o gol” . Comentou o atacante Éderson, que foi reserva utilizado no ultimo jogo. A equipe rubro-negra deve ir a campo com: Caio; Diego, Léo Pereira, Zé Ivaldo e Renan Lodi; Deivid, Bruno Guimarães, Matheus Anjos, Marcinho e João Pedro; Éderson.

Como já estava em Curitiba, o Maringá não retornou pra sua cidade depois do jogo contra o Paraná. A equipe ficou concentrada na capital e iniciou a preparação na sexta-feira (23), no campo do Trieste. A decisão de permanecer na capital paranaense foi tomada em conjunto entre comissão e diretoria, com a ideia de dar descanso aos atletas. O treinador da equipe do Maringá, Fernando Marchiori, falou a respeito dos desfalques da equipe no jogo e fez mistério sobre a escalação.

“Infelizmente não teremos o Carlão e o Fábio, suspensos e vamos avaliar o Fabrício e o Rhuan, que sentiram durante o jogo. Por outro lado podemos ter a volta do Lucão e do Luan. Vamos aguardar o departamento médico nos posicionar para vermos quais as melhores opções para esse jogo. Sabemos que será muito difícil, o Atlético foi o melhor da competição até aqui e isso mostra a força do time deles, mas claro que buscaremos a vitória e classificação, esse é o nosso objetivo agora”, disse.

Lucão foi vetado e não vai para o jogo. O treinador também falou sobre as vagas conquistadas para a Copa do Brasil e para a Série D do Campeonato Brasileiro em 2019. “Conseguimos traçar algumas metas importantes para o clube. A primeira era a permanência na primeira divisão (do Paranaense). Internamente, tínhamos o desejo da vaga na Série D no ano que vem que dá um calendário novamente. Isso é fundamental para o projeto se solidificar”, concluiu.

O Maringá deve ir a campo assim: Ednaldo; Danilo Mohamed, Alex Fraga, Égon e Thiago Cristian; Rodrigo Dantas (Borges), Ícaro, Washington e Everton; Paulinho Moccelin e Bruno Batata. 

VAVEL Logo