Londrina elimina Paraná nos pênaltis e garante vaga na final da Taça Caio Júnior
Tubarão conseguiu se segurar durante toda a partida (Foto: Gustavo Oliveira / Londrina Esporte Clube)

Em confronto que valia uma vaga na final da Taça Caio Júnior, segundo turno do Paranaense, Paraná e Londrina empataram por 1 a 1. Nos pênaltis, melhor para o Tubarão. Os gols da partida foram marcados por Wesley e Vitor Feijão. O Londrina agora aguarda o vencedor do confronto entre Atlético-PR e Maringá, que disputam a outra vaga.

Logo no inicio as equipes já demonstravam uma postura agressiva. Com menos de um minuto de partida, Carlos Eduardo tentou invadir a área do Tubarão e foi parado com falta. Aos nove minutos, foi a vez de Alemão levar perigo em cobrança de escanteio, mas a zaga do Londrina evitou o gol. O Paraná tinha mais posse de bola no inicio do jogo e tentava pressionar o Londrina.

Aos catorze minutos mais uma bola na área do Londrina, dessa vez o goleiro Alan saiu meio assustado, mas ficou com ela e evitou mais uma chance de gol do tricolor da Vila Capanema. Rogério Micale foi obrigado a substituir um dos jogadores mais importantes da equipe; Carlos Eduardo, que havia marcado nos dois últimos jogos saiu lesionado, Matheus Pereira entrou no seu lugar.

O Londrina só levou perigo na segunda parte do primeiro tempo. Em bola alçada na área, o goleiro Richard tentou segurar com uma das mãos e por pouco não entregou a bola para Carlos Henrique. A saída de Carlos Eduardo parece ter afetado a equipe do Paraná, o Londrina se aproveitou disso e começou a explorar o lado esquerdo do tricolor. Romisson deu ótimo lançamento pra Wesley na esquerda, o jogador do Tubarão invadiu a área e bateu cruzado. Por pouco não abriu o placar.

Foi o Tubarão que produziu a chance mais clara de gol até então. Carlos Henrique recebeu na entrada da área, driblou o arqueiro paranaense e com gol livre bateu fraco, Márcio salvou e tirou em cima da linha O Londrina equilibrou o jogo e continuou criando chances, Marcelinho recebeu com liberdade pela direita, foi até a linha de fundo e cruzou no segundo pau, Wesley com liberdade cabeceou  e abriu o placar para o Tubarão na Vila Capanema.

O Paraná ainda desperdiçou um pênalti cometido por Lucas Costa que deu carrinho e levou a mão na bola. Diego bateu por cima e mandou longe do gol. No fim do primeiro tempo, o Paraná chegou de novo com perigo. Wesley invadiu pela esquerda e mandou uma bomba, Alan fez linda defesa, na sequencia, a bola sobrou pra Diego, que chutou forte, mas parou nas mãos do goleiro Alan. O primeiro tempo terminou com a vitoria parcial do Londrina.

O Paraná sabia da obrigação de vencer o jogo e iniciou a segunda etapa da partida mais ligado no jogo. Logo aos quatro minutos, Thiago Santos cabeceou por cima da meta do Londrina. Em seguida foi a vez de Matheus Pereira receber de Thiago Santos dentro da área e bater forte, mas Alan novamente salvou o Tubarão. Thiago Santos apareceu de novo na área do Londrina e o cabeceio passou ao lado do gol.

Repetindo a primeira etapa, o Londrina levou perigo somente aos 20 minutos, Wesley recebeu dentro da área com liberdade, mas finalizou errado. Diferente da segunda etapa, onde depois de criar a primeira chance, o Tubarão passou a mandar no jogo, no segundo tempo era o Paraná que comandava as ações, novamente com Thiago Santos que recebeu dentro da área e girou batendo, mas parou de novo em Alan.

Aos 33 minutos, Carlos Henrique arrancou em contra-ataque perigoso, tentou a tabela com o Anderson Leite que devolveu mal. Na dividida, Carlos ainda ficou com ela, mas não teve chance de finalizar. Enfim a pressão do Paraná funcionou, Vitor Feijão recebeu bola cruzada e sozinho no segundo poste finalizou e empatou a partida.

O tempo regulamentar terminou empatado e foi para os pênaltis. Alan, goleiro do Londrina, que já havia feito uma bela partida mostrou que tem estrela e brilhou. O arqueiro defendeu as cobranças de Matheus Pereira e Diego e garantiu a vaga para a equipe do Tubarão, a festa era do Londrina na Vila Capanema.

O Londrina agora aguarda o vencedor da outra semifinal. Atlético-PR e Maringá, jogam pela outra vaga na final da Taça Caio Júnior, segundo turno do Campeonato Paranaense. O primeiro turno foi conquistado pelo Coritiba, que já tem vaga garantida na final do estadual.

VAVEL Logo