Paysandu marca um gol em cada tempo e derrota Manaus de virada na Copa Verde
Foto: Fernando Torres/Paysandu

A classificação à final do Parazão de maneira heroica fez o Paysandu ir a campo na noite desta terça-feira (27), na Curuzu, motivado. Em duelo válido pela ida das semifinais da Copa Verde 2018 contra o Manaus, o Papão mostrou forças ante sua torcida e levou a melhor por 2 a 1, com gols de Walter CassianoRossini descontou.

Com o resultado positivo, os bicolores vão jogar por qualquer empate para garantir a vaga na finalíssima. Já o Gavião, por outro lado, precisa sair vitorioso por qualquer placar acima de um tento de diferença sem ser vazado para se assegurar na final inédita, uma vez que a repetição do placar leva a definição para pênaltis.

Os times voltam a campo, pelos respectivos estaduais, já nesse final de semana. Os paraenses fazem clássico com o Remo pela ida da decisão no domingo (1º), às 16h, enquanto que os amazonenses enfrentarão o Penarol no sábado (31), às 18h (de Brasília), em confronto válido pelas semifinais do segundo turno.

Gol marcado por Walter deu empate ao Papão no intervalo.jpg
Gol marcado por Walter nos acréscimos deu empate ao Papão no intervalo (Foto: Fernando Torres/Paysandu)

O caráter decisivo da partida deixou os times nervosos, criando pouco e sem conseguir levar perigo. A primeira boa oportunidade criada pelo Paysandu chegou até a balançar as redes, mas a arbitragem impugnou corretamente. Moisés bateu de fora da área, teve desvio no caminho e a sobra ficou para Mike que, em posição irregular, dominou e mandou para o gol.

Sem muita criatividade, as equipes não conseguiram trocar passes em campo e ficaram presos às fortes marcações, com o Manaus ficando à frente no marcador. Cleitinho cruzou na pequena área e Rossini dividiu com Edimar, que resvalou para o gol, mas a arbitragem assinalou para o atacante. Nos minutos finais, porém, Maicon Silva lançou na área em profundidade e Walter cabeceou para deixar tudo igual.

Na segunda etapa, Papão e Gavião voltaram sem mudanças, mas com a mesma postura. Mesmo assim, Dado colocou Fábio Matos Danilo Pires, sacando Mike e Cáceres, buscando dar mais ofensividade. Logo que mexeram, os paraenses conseguiram bons momentos com Nando Carandina e Fábio, contudo ficaram em defesas importantes do goleiro adversário. No fim, Walter fez bom cruzamento pela direita e Cassiano apareceu, de carrinho, para completar ao fundo do barbante, dando a vitória aos bicolores.

VAVEL Logo