Chape e Figueirense se enfrentam por vantagem do mando de campo na decisão do Catarinense
Foto: Divulgação Figueirense

Chapecoense e Figueirense duelam nesta quarta-feira (28) na Arena Condá. Com as equipes já classificadas para a final do Campeonato Catarinense, o duelo pode decidir quem terá o mando de campo na decisão, que será disputada em partida única.

Restando duas rodadas para o fim da competição, a Chapecoense soma 37 pontos e depende apenas de um empate para que a decisão seja em sua casa. Já o Figueirense precisa vencer o confronto direto, vencer a próxima partida diante do Concórdia e ainda torcer para que a Chape não vença seu jogo contra o Avaí.

As equipes entram em campo às 21h45, em partida válida pela 17ª rodada do Catarinense. No primeiro confronto entre os clubes na oitava rodada do campeonato, o placar não saiu do empate em 0 a 0 no estádio Orlando Scarpelli. Na ocasião o líder era o Figueira.

Chape aposta no retrospecto positivo em casa

Jogando pelo campeonato estadual, a Chape disputou oito jogos em sua casa e saiu vitoriosa em todas as oportunidades. Ao total, foram 14 gols marcados e apenas um sofrido.

Para a partida diante do Furacão, o técnico Gilson Kleina terá novamente a sua disposição Wellington Paulista, que está voltando de suspensão. Márcio Araújo passará por avaliação. O volante sofreu uma entorse um dia antes da partida contra o Brusque, e, na segunda-feira (26), sentiu dores durante o treinamento.

Ainda cumprindo suspensão relacionada ao Campeonato Catarinense sub-17 e sem efeito suspensivo, Bruno Silva pode ser desfalque. O clube entrou com um recurso no STJD para a liberação do atleta e aguarda resultado.

Provável escalação: Jandrei; Eduardo, Thyere, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Elicarlos, Canteros e Luiz Antônio; Guilherme e Wellington Paulista.

Com cinco atletas no departamento médico, Milton Cruz faz mistério

O Figueirense treinou nesta terça-feira (27) no Orlando Scarpelli antes de partir para Chapecó. Milton Cruz comandou um trabalho de preparação física e alguns atletas treinaram cobranças de falta.

O comandante faz mistério quanto a escalação da equipe. Após cumprir suspensão, o zagueiro Nogueira volta a ficar à disposição, no entanto, o zagueiro Eduardo levou o terceiro cartão amarelo e desfalca a equipe.

Os outros desfalques se dão por conta de lesões. Cleberson, Betinho, João Paulo, Felipe Amorim e Maikon Leite estão no departamento médico e não atuam na quarta-feira.

Provável escalação: Denis; Raul, Eduardo Bauermann, Henrique Trevisan, João Lucas; Zé Antônio, Patrick, Gustavo Ferrareis, Jorge Henrique; Ermel, André Luis.

VAVEL Logo