Argentina e Brasil 'puxam fila' de ataques mais produtivos entre favoritas à Copa do Mundo

Os amistosos desta última rodada de Data Fifa foram, provavelmente, a última chance para que jogadores de todas as seleções classificadas para a Copa do Mundo pudessem se destacar e garantir vaga entre os convocados para o torneio. Nos jogos, algumas goleadas chamaram a atenção, como o 6 a 1 da Espanha sobre a Argentina, e a vitória da Bélgica, por 4 a 0, sobre a Arábia Saudita

É fácil afirmar que todas as equipes cotadas com certo favoritismo para vencer o Mundial têm uma dose cavalar de talento em seus ataques. Independentemente de características e esquemas ofensivos, seus jogadores - geralmente em trio - vêm se destacando na atual temporada pelos clubes.

Em uma rápida análise de estatísticas individuais de jogadores considerados titulares, apesar de haverem dúvidas grandes em alguns casos, Argentina e Brasil têm trios de ataque que destoam por completo do restante das seleções analisadas (Bélgica, Alemanha, França e Espanha). 

Para essa análise, somamos gols e assistências do jogador e dividimos pelo número de jogos, para definir sua média de participações em gol por jogo. Para calcular a média dos atacantes de uma seleção, apenas fizemos a média da porcentagem de todos. Os jogos analisados são apenas pelas ligas nacionais e pela Uefa Champions League ou Europa League. Aliás, é importante apontar que, em alguns casos, os atletas jogam em posições distintas por clube e seleção.

Exemplo: Joãozinho participou de 30 jogos (J) na temporada. Marcou 15 gols (G) e deu 15 assistências (A). Sua produtividade (P=G+A) é 30. Como jogou 30 vezes e tem produtividade 30, participou de um gol a cada jogo, em média (P/J).

No fim, o ranking terminou com a Argentina na frente, com seus atacantes participando de gols numa média de 96% dos jogos. A Seleção Brasileira vem logo atrás, com 94% de participação do trio Jesus, Coutinho e Neymar. A França completa o pódio. Bélgica, Alemanha e Espanha, nesta ordem, fecham a lista.

Confira os números por completo:

ARGENTINA

Messi: 36J 31G 14A = 45P = 125%
Aguero: 30J 25G 7A = 32P = 106%
Di María: 30J 10G 7A = 17P = 56%

Total: 96%


BRASIL

Neymar: 27J 25G 16A = 41P = 150% dos jogos
Jesus: 28J 11G 3A = 14P = 50% dos jogos
Coutinho: 28J 14G 9A = 23P = 82% dos jogos

Total: 94%


FRANÇA

Mbappé: 31J 17G 11A = 28P = 90%
Griezmann: 35J 23G 11A = 34P = 97%
Lacazette: 26J 9G 3A = 12P = 46%

Total: 78%


BÉLGICA

Hazard: 34J 14G 6A = 20P = 58% dos jogos
Mertens: 36J 19G 9A = 28P = 77% dos jogos
Lukaku: 37J 19G 7A = 26P = 70% dos jogos

Total: 68%


ALEMANHA

Sané: 32J 8G 13A = 21P = 65%
Werner: 35J 17G 5A = 22P = 63%
Muller: 29J 9G 10A = 19P = 65%

Total: 64%


ESPANHA

Isco: 32J 5G 6A = 11P = 34%
Rodrigo: 28J 13G 4A = 17P = 60%
David Silva: 29J 8G 11A = 19P = 65%

Total: 53%

VAVEL Logo