Pressão da torcida surte efeito e Flamengo demite Rodrigo Caetano
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

A derrota para o Botafogo, por 1 a 0, nas semifinais do Campeonato Carioca, causou revolta na torcida do Flamengo e até mesmo na diretoria. O vice-presidente de futebol do clube, Ricardo Lomba, já havia sinalizado que aconteceriam mudanças no departamento de futebol da Gávea. Na tarde desta quinta-feira (29), o diretor de futebol Rodrigo Caetano foi demitido.

Ao todo, foram três anos comandando o futebol rubro-negro. Apesar de promover contratações consideradas de peso, como Diego Alves, Diego, Éverton Ribeiro, o dirigente conquistou apenas o título do Campeonato Carioca de 2017 e era um dos alvos preferidos dos protestos por parte dos torcedores devido a omissão em dados momentos e por conta de algumas contratações que não deram certo.

Além de Caetano, há rumores da saída do treinador Paulo César Carpegiani do cargo.

VAVEL Logo