Mistério na escalação: Larghi afirma não ter time definido para clássico contra o Cruzeiro
Foto: Divulgação/Atlético

O técnico interino Thiago Larghi concedeu entrevista coletiva nessa sexta-feira (30), na Cidade do Galo e revelou ter algumas dúvidas para o clássico de domingo (1°) contra o Cruzeiro, pela primeira partida da final, do Campeonato Mineiro. 

Durante a semana, Larghi fechou os treinamentos e fez mistério na escalação. Apesar dos trabalhos intensos, o comandante ainda tem dúvidas no setor ofensivo da equipe.

“Não tenho time definido. Estamos treinando ainda. Existem duas dúvidas. Um ou outro jogador. É detalhe que a gente pode usar. Na defesa, no ataque, na bola parada. Está bem encaminhado para a definição. Estamos usando a semana para fazer experimentos. Isso é importante para o grupo, precisamos fortalecer o grupo para jogos grandes. É uma definição que parte para um projeto maior. É a definição para esse jogo, mas sempre pensando na formação de um plantel, com troca de jogadores, rodízio, para encarar todas as partidas. Prefiro não falar as dúvidas”, disse.

Sem muitos jogadores suspensos, ou no departamento médico, Larghi têm a disposição praticamente todo seu plantel. Nas últimas partidas, o treinador utilizou Gustavo Blanco para formar uma trinca de volantes com Adilson e Elias, e isso pode ocorrer novamente. Já no ataque, Erik pode virar uma opção na equipe titular de Larghi.

O que mudou desde o último Atlético x Cruzeiro?

Larghi também foi perguntado sobre a diferença do clássico da primeira fase e esses dois que virão, principalmente esse de domingo no Independência, e o treinador afirmou ser um jogo diferente.

“É um jogo bem diferente daquele. Com o passar dos jogos e poucos treinamentos a gente viu a evolução do time, a criação de uma identidade um pouquinho mais sólida, um padrão de jogo um pouco mais definido. É um outro momento. O grupo está bem consciente, sabe bem o que a gente evoluiu e cresceu. Acho que vamos fazer um bom jogo”, comentou.

Sem compromissos no meio da semana, Larghi pôde focar na evolução de sua equipe e também no adversário. Para o comandante, o Atlético-MG deverá estar mais preparado para esta partida em relação ao último clássico.

“A gente procurou estudar bem o adversário que a gente tem. A gente procurou levantar uns detalhes, tivemos tempo para isso, e procuramos trabalhar nos treinamentos. É importante que os jogadores saibam as formas que a gente tem que jogar, tomar os devidos cuidados e onde explorar. A gente teve um pouquinho mais de calma para trabalhar, concentrar em cada fase do jogo, em defesa e ataque. Acredito que vamos estar bem preparados”, finalizou.

O jogo deste domingo (1º) é o primeiro das duas partidas que decidem o Campeonato Mineiro. O confronto será realizado às 16h, na Arena Independência. Já o segundo jogo será no próximo domingo (7), no Mineirão, às 16h.

VAVEL Logo