Julio Rusch marca, Coritiba quebra invencibilidade do rival e leva vantagem para segundo jogo
Foto: Comunicação / Coritiba Foot Ball Club

Neste domingo (1º), diante de 10.171 torcedores, o Coritiba derrotou o Atlético-PR por 1 a 0, no Couto Pereira. Com o resultado, o time do Alto da Glória interrompeu a trajetória invicta do rubro-negro nessa temporada e agora possui a vantagem de um gol de diferença para o segundo jogo da final do Campeonato Paranaense, que será na Arena da Baixada.

O meio-campista Julio Rusch, um dos atletas mais importantes do elenco, o qual foi formado na base do Coxa, foi responsável pelo único tento da partida que garantiu a vitória alviverde e passou a somar nove participações diretas em gols da sua equipe. Destaque também para Wilson, que ajudou a manter o placar.

A primeira etapa foi marcada por muito equilíbrio entre as equipes e pouca criatividade. As primeiras chances do jogo vieram do time visitante. Pierre arriscou de longe e parou na defesa de Wilson; Ederson quase marcou em chute cruzado, mas também parou no goleiro e capitão coxa-branca.

A equipe da casa respondeu com jogadas de velocidade; Pablo pela ponta cruzou para Evandro, que concluiu, mas Caio defendeu. Depois, em jogada de velocidade do atacante Evandro, Pierre fez a falta. Na cobrança, Julio Rusch bateu com maestria, aos 28 minutos. Após o gol, o verdão recuou para sair em velocidade, mas não teve eficácia; o rubro-negro tentou chegar ao gol e até criou, mas não marcou. 

Na volta ao campo, as posturas das equipes foram semelhante às do término da primeira etapa. Sandro Forner manteve sua equipe mais concentrada no campo defensivo para explorar os contra-golpes, enquanto o Atlético-PR aumentou suas chegadas à frente. 

Com mais espaços, o alviverde teve oportunidade de alimpar o placar; Pablo tirou tinta da trave e Thiago Lopes parou em boa defesa de Caio. O jogo seguiu com o Furacão tendo posse, mas sem assustar. Coritiba cozinhou a partida e se defendeu do adversário, que possuía dificuldades pra produzir, e garantiu a vantagem.

Com a vitória, o Coritiba aumentou sua hegemonia sob o rival e passou a ter 27 triunfos a mais. Agora são 145 vitórias do alviverde, contra 118 do rubro-negro. O segundo jogo da decisão está marcado para o próximo domingo (8), às 16h, na Arena da Baixada. O Atlético-PR precisa vencer por um gol de diferença para igualar o placar ou por dois para sagrar-se campeão. 

VAVEL Logo