Apesar da vantagem de quatro gols, Renato Portaluppi ressalta: "o Grêmio ainda não é campeão"
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O Grêmio saiu em vantagem na disputa pelo título do Campeonato Gaúcho. A equipe de Renato Portaluppi venceu o Brasil de Pelotas pelo placar de 4 a 0 na Arena. Após a partida o comandante falou sobre a vantagem e ressaltou a importância de respeitar o adversário.

+Grêmio faz quatro no Brasil de Pelotas e está com uma mão na taça do Campeonato Gaúcho

Nós já esperávamos um jogo truncado, até porque o Brasil vinha pra buscar numa bola para ou num contra-ataque um gol e queriam sair daqui vivos. Então, principalmente no primeiro tempo, o Brasil dificultou pra gente, tínhamos posse de bola, mas não conseguimos agredir muito, porque o Brasil estava bem postado em campo. Nessas de querer fazer o gol deixamos a desejar, porque tomamos dois contra-ataques perigosos do adversário”, avaliou Renato.

Depois teve a expulsão. Já é difícil você enfrentar uma equipe com 11 jogadores, no momento que você perde um jogador, principalmente jogando contra o Grêmio aqui na Arena, que o Grêmio valoriza a posse de bola, fomos agudos, mais rápidos. Fizemos um belíssimo gol logo no primeiro minuto, o que da tranquilidade. Eu falei pra minha equipe, tinha que virar a bola de um lado pro outro que iriamos pegar o adversário aberto”, completou o comandante gremista falando sobre a segunda etapa.

O técnico fez questão de deixar claro que não considera o Grêmio campeão. Ele ressaltou a importância da vantagem e o respeito ao adversário.

Era importante a gente sair daqui com uma pequena vantagem e nós conseguimos uma boa vantagem Não adianta perguntar se o Grêmio já é campeão porque o Grêmio não é campeão ainda. Vamos continuar respeitando o adversário e temos mais 90 minutos no próximo domingo”, disse.

Renato falou também sobre o jogo de volta. O comandante aposta que será uma grande partida e avisou que o Grêmio vai para ganhar.

O Brasil vai ter que sair pro jogo, mas o Grêmio não vai mudar sua maneira de jogar porque tem vantagem Não podemos deixar acontecer igual no Gre-Nal, onde deixamos o adversário crescer porque fizemos coisas que o Grêmio não está acostumado a fazer nos 90 minutos. Vamos respeitar, fazer de conta que o jogo ta 0 a 0, vamos lá pra ganhar, até porque o jogo vai ficar melhor, o Brasil vai buscar a vitória, o Grêmio vai buscar a vitória. Se o Grêmio entrar focado, como foi hoje, é muito difícil perder o título. Mas no momento que entra relaxado, sentado na vantagem as coisas podem acontecer”, avaliou.

O comandante gremista falou ainda sobre possíveis escalações de equipes alternativas com o início do Brasileirão. Para ele é fundamental que em determinado momento o atleta descanse.

Temos que pensar em cada jogo, degrau a degrau. Temos um jogo na quarta-feira, jogo importante pra gente. Vamos ver a avaliação médica amanhã, torcer pra que não perca nenhum jogador e a partir daí começo a decidir a equipe que joga quarta-feira, depois torcer que ninguém machuque pra pensar no domingo. Agora lá na frente vai ser uma coisa natural de vez em quando poupar alguns jogadores. Vão ser três competições. Sempre falei, jogadores são humanos, chega uma hora que o melhor treino, o melhor jogo é o descanso”, finalizou Renato. 

VAVEL Logo