É tudo ou nada! Atlético e Cruzeiro medirão forças para saber quem será campeão mineiro em 2018
Foto: DivulgaçãoAtlético

Chegou a hora! Neste domingo (8), Cruzeiro e Atlético entrarão em campo decidindo quem conquistará o Campeonato Mineiro de 2018. O jogo será no Mineirão, às 16hs. No primeiro jogo, o Galo venceu por 3 a 1, o que dá ao clube alvinegro a vantagem de perder por até um gol de diferença. Já os celestes só serão campeões caso vençam por dois ou mais gols de frente aos atleticanos. 

Já o Atlético passou por momentos de incertezas, com troca de técnico no começo do Campeonato Mineiro, além de atuações e o time sem padrão tático. A entrada de Thiago Larghi interinamente no comando técnico do Galo resultou em mudanças sentidas em campo. O alvinegro conseguiu a classificação, passou bem pelas fases eliminatórias até chegar a decisão e reverter a vantagem que outrora era celeste. 

Os cruzeirenses realizaram uma campanha sensacional na primeira fase. Somaram 29 pontos, sem perder uma partida sequer. No mata-mata, deixou Patrocinense e Tupi para trás, também de forma invicta, sofrendo apenas três gols em todo o campeonato. 

Caso vença o Campeonato Mineiro, o Atlético chegará ao seu 45º título estadual. O último foi em 2017, derrotando o Cruzeiro com um empate em 0 a 0, e uma vitória por 2 a 1.

Larghi também faz mistério, mas time deve ser o mesmo da primeira final

Diferente do que se imaginava nas primeiras rodadas do Campeonato Mineiro, o Atlético entrou na semana do clássico em estado de graça. Neste meio tempo, goleou o Ferroviário-CE, pela Copa do Brasil, por 4 a 0, se dando ao luxo de poupar jogadores e encerrar a partida diante dos cearenses com apenas três jogadores considerados titulares: Victor, Gabriel e Cazares.

Foto: Bruno Cantini/Atlético

Sem dar pistas a ninguém sobre o provável time que entrará em campo, o técnico Thiago Larghi deu a receita do que o Atlético deve fazer em campo para segurar o Cruzeiro e sair de campo campeão mineiro.

"A gente sabe que não pode abrir mão da nossa pegada, da marcação, do respeito ao adversário, de tratar a partida com seriedade. Nossos pés estão no chão, nosso grupo sabe disso. É trabalhar passo a passo ainda durante o treino esta semana o que a gente ainda tem que fazer e viver cada dia de treino da melhor maneira possível, aproveitar da melhor maneira possível para se preparar, porque a gente sabe que vai ser um jogo difícil", ressaltou o treinador.

Sobre o time, o técnico Thiago Larghi faz mistério, mas a equipe deve ser a mesma do primeiro jogo da final, no Independência. Leonardo Silva, Adilson, Elias e Luan, poupados contra o Ferroviário estão confirmados. 

Mano Menezes confirma Edilson e faz mistério sobre formação inicial

Com dúvidas, o técnico Mano Menezes aproveitou o tempo que tem para fazer mistério sobre o time que entrará em campo diante do Atlético. Porém, adiantou presenças e situações que deverão ocorrer para a partida de domingo, como a volta de Edilson e a chance para o atacante David, que será relacionado pela primeira vez.

"Tenho planos. Os dois - Edilson e David - estarão relacionados. O David, se tiver que entrar, vai entrar na segunda parte para fazer algo específico que é sua característica. Abrir a jogada, o flanco, partir com o drible para cima de um jogador de defesa. É a característica dele, se entrar, vai ser para fazer isso", declarou o treinador.

Sobre o provável time, Mano Menezes poderá ter como desfalque o volante Lucas Romero, com dores na coxa esquerda. Atacante Raniel, ausente diante do Vasco da Gama, na última quarta-feira, pode ficar de fora. Sassá, que entrou no segundo tempo do primeiro jogo da final deverá substituí-lo. 

Foto: Divulgação/Cruzeiro

O treinador celeste ainda tem outras opções, como escalar o meia Arrascaeta e tentar uma formação utilizando Thiago Neves como um falso centroavante (falso 9), tentativa feita em outras oportunidades. 

VAVEL Logo