Figueirense abre último treino antes da final do Catarinense, mas Milton Cruz não revela time

Torcida pode entrar no gramado no final da atividade e passou o último incentivo aos atletas

Figueirense abre último treino antes da final do Catarinense, mas Milton Cruz não revela time
(Foto: Reprodução / Twitter Oficial do Figueirense FC)

O Figueirense volta a disputar uma final de Campeonato Catarinense após três anos. A última vez, em 2015, terminou com título da equipe Alvinegra em cima do Joinville. Para conquistar o campeonato estadual pela 18ª vez, o Figueira precisa vencer a Chapecoense na Arena Condá e interromper a sequência de dois títulos (2016 e 2017) do Verdão do Oeste.  O Figueirense contou com o apoio de sua torcida em treino realizado na manhã deste sábado (7) antes de viajar para Chapecó.

+Milton Cruz faz mistério antes de viagem e não define Figueirense para final com Chapecoense

Foram disponibilizados dois mil ingressos para a torcida do Figueirense, na Arena Condá, para a partida da grande final do Campeonato Catarinense. A expectativa é que o lugar destinado à torcida alvinegra esteja lotado. O torcedor que não conseguiu adquirir ingresso para a decisão pode dar um último apoio ao Figueira no treino do time realizado neste sábado, no Orlando Scapelli.

O treinado do Figueirense, Milton Cruz, fez muitos mistérios durante a semana e esconde o time que deve mandar a campo. Na última atividade, o treinador optou apenas por um treino recreativo. O certo é que o zagueiro Cleberson e o meia Felipe Amorim estão fora da decisão. Os dois realizaram apenas atividades físicas. O técnico do time aproveitou para orientar um trabalho de cruzamentos e finalizações.

Ao término da atividade, a torcida teve acesso ao gramado e aproveitou o momento para registrar fotos com os atletas e passar aquela última mensagem motivacional. Estão relacionados para a final os goleiros: Denis e Alisson; os laterais: Samuel, Raul, Diego Renan, João Lucas e Lazaroni; os zagueiros: Nogueira, Eduardo Bauermann e Henrique Trevisan; os volantes: Zé Antônio, Betinho, Abuda, Pereira e Patrick; os meias: João Paulo, Gustavo Ferrareis, Cedrón e Renan Mota; e os atacantes: André Luís, Jorge Henrique, Henan e Maikon Leite.