Figueirense tira invencibilidade da Chapecoense na Arena Condá e fica com título catarinense
Foto: Divulgação/Figueirense FC

Figueirense tira invencibilidade da Chapecoense na Arena Condá e fica com título catarinense

Mesmo jogando fora de casa, o Figueira fez 2 a 0 para ficar com a taça e ampliou sua vantagem como maior campeão estadual, com 18 taças

ritielimoura
Ritieli Moura
ChapecoenseJandrei; Eduardo (Apodi, intervalo), Douglas, Rafael Thyere, Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Amaral, Luiz Antônio (Vinícius, intervalo), Canteros; Guilherme (Arthur Caíke, min. 20/2ºt), Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina
FigueirenseDenis; Diego Renan, Nogueira, Eduardo Bauermann, Guilherme Lazaroni; Zé Antônio, Betinho (Pereira, min. 28/2ºt); Renan Mota (João Lucas, min. 22/2ºt), Jorge Henrique, Gustavo Ferrareis (Maikon Leite, min. 33/2ºt); André Luís. Técnico: Milton Cruz
Placar0-1, min. 14/1ºt, Gustavo Ferrareis. 0-2, min. 41/2ºt, Maikon Leite
ÁRBITROBráulio da Silva Machado, que será auxiliado por Kleber Lúcio Gil e Helton Nunes. VAR: Rafael Traci (PR), auxiliado por Carlos Berkenbrock. Amarelos: Wellington Paulista, Amaral (CHA); Renan Mota, Nogueira, Jorge Henrique, André Luis (FIG)
INCIDENCIASFinal em jogo único do Campeonato Catarinense 2018, na Arena Condá, em Chapecó, SC. Público total: 18.064 torcedores; Renda: R$ 544.545,00

O Figueirense não sentiu a pressão de jogar a decisão fora de casa e ficou com o título do Campeonato Catarinense. A equipe venceu a Chapecoense pelo placar de 2 a 0 na Arena Condá, conquistando a competição regional pela 18ª vez.

A final foi em jogo único, na casa da Chape, que teve melhor campanha na primeira fase da competição. Gustavo Ferrareis e Maikon Leite fizeram os gols da partida, que, além de dar a taça ao Furacão, tirou a invencibilidade do time da casa no seu estádio. Na fase classificatória, a Chape venceu os nove jogos que fez na Arena Condá.

Figueirense não se intimidou e saiu na frente

O Figueira iniciou a partida indo para cima, enquanto a Chapecoense marcava para evitar a saída adversária. A primeira tentativa da partida foi da equipe visitante. Lazaroni arriscou de fora da área, mandando a bomba perto do gol de Jandrei.

Aos 13 minutos de bola rolando, Gustavo Ferrareis abriu o placar na Arena Condá. De longe, o jogador do Furacão mandou o chute, Jandrei chegou a tocar na bola, mas ela foi para o fundo do gol.

Minutos depois de marcar o primeiro da partida, o Figueirense estava novamente no ataque. Diego Renan fez o cruzamento e André Luís apareceu para cabecear perto do gol. Na resposta a Chapecoense também arriscou. Bruno Pacheco tentou de longe, a bola quicou, mas Denis conseguiu fazer a defesa.

O Furacão parecia não se intimidar com a partida diante da torcida adversária, a equipe de Milton Cruz aproveitava os espaços para sair ao ataque. Aos 23, Renan Mota ajeitou para Jorge Henrique que, de primeira, mandou por cima do gol. Já a Chapecoense passou a sair mais para o jogo, procurando oportunidades. Aos 33, Canteros cruzou na medida para Guilherme cabecear e Denis fazer a defesa.

Nos minutos finais da primeira etapa a Chape tentou pressionar, mas esbarrou na defesa adversária. O Figueirense, além de bem posicionado, fazia boa marcação.

Chape pressiona, mas Figueirense amplia e fica com o título

A Chapecoense voltou para a segunda etapa pressionando em busca do empate. Já o Figueira continuava com forte marcação, impedindo a passagem do adversário. Aos 13, Canteros lançou para Apodi. O lateral encontrou Guilherme que, de primeira mandou por cima do gol.

Passados os 30 minutos da segunda etapa, a Chapecoense tinha o controle da partida, mas não conseguia boa oportunidade para o empate. Enquanto isso, o Figueirense administrava a vantagem quando tinha a posse de bola.

A melhor chance de gol da equipe da casa aconteceu aos 35 minutos, em cobrança de falta. Canteros fez bela cobrança, carimbando a trave de Denis. Apesar do domínio da Chape, Maikon Leite ampliou para o Figueirense. Após receber belo passe de André Luís, o atacante avançou e finalizou por baixo de Jandrei.

O time da casa bem que tentou, mas não conseguiu marcar. A vitória na Arena Condá deu ao Figueirense seu 18º título catarinense.

VAVEL Logo

Figueirense FC Notícias

há 9 dias
há 11 dias
há 20 dias
há 20 dias
há 23 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês