Dado Cavalcanti minimiza vice do Paysandu no Paraense: "Temos que focar no próximo confronto"

Treinador já busca esquecer derrota para Remo na final do Estadual e foca na volta das semifinais da Copa Verde contra Manaus

Dado Cavalcanti minimiza vice do Paysandu no Paraense: "Temos que focar no próximo confronto"
Comandante reconhece erros cometidos e destaca eficiência do arquirrival na decisão (Foto: Fernando Torres/Paysandu)

A torcida fez sua parte, ao lotar o setor reservado e incentivar do início ao fim. O Paysandu, porém, não conseguiu reverter vitória do Remo na ida da final do Campeonato Paraense 2018 e voltou a ser batido, que o fez ser vice-campeão. Gol solitário dos azulinos na partida deste domingo (8), no Mangueirão em Belém, foi de Isac, de pênalti ainda no primeiro tempo.

O resultado negativo, porém, não foi suficiente para abalar a confiança de Dado Cavalcanti. O comandante já trata o confronto contra o time leonino como passado e foca no Manaus, adversário no duelo de volta das semifinais da Copa Verde, visando entrar determinado a garantir a classificação à decisão.

"O jogo tava igual e tivemos boas chances. No começo, nós estávamos acelerados e esquecemos de jogar. Os mais jovens sentiram muito um jogo como o de hoje. Entendo a questão da rivalidade para não aceitar as derrotas, mas teremos que focar nesse próximo jogo. Vamos agora brigar pelo título da Copa Verde e entraremos fortes, buscando apenas a classificação à final", assegurou, buscando a reabilitação já diante da equipe amazonense.

Remo foi mais eficiente nas finalizações e ficou com o título estadual (Foto: Fernando Torres/Paysandu)
Remo teve maior eficiência nas finalizações e ficou com o título do Estadual (Foto: Fernando Torres/Paysandu)

"Teremos oportunidade agora de colocar o nariz de fora da água para respirar contra o Manaus, pois perdemos o título do Estadual. Nós não vamos ter tempo, mas quem tiver melhor fisica e psicologicamente vai ser acionado. Não podemos perder o título e nos acomodarmos para a sequência. A avaliação tem de ser criteriosa para não poder prejudicar nenhum atleta", completou.

Apesar do curto tempo de preparação para enfrentar o Gavião, já que o jogo será nessa quarta-feira (11) às 21h, fora de casa, Dado admite a atuação ruim dos seus comandados. Mesmo assim, espera ter chance de corrigir os erros cometidos nos treinamentos, reconhecendo ainda a eficiência do rival.

"Semana passada faltou mais pontaria que criação. Já hoje priorizamos os passes curtos, mas nós pecamos na última bola e na conclusão das jogadas. Isso pode ser resolvido, entretanto, durante os treinamentos. Temos que reconhecer o mérito do Remo por ter sido cirúrgico nesses jogos", encerrou.