Recordar é viver: Vasco volta a vencer Botafogo e se sagra campeão carioca de 2015
(Foto: Marcelo Sadio/Vasco.com.br)

Agora é pra valer! Vasco e Botafogo se reencontram neste domingo (8), pelo segundo jogo da decisão do Campeonato Carioca de 2018. Na ida, no Nilton Santos, vitória do time da Colina por 3 a 2. O Maracanã será o palco do duelo, como foi há três anos.

A VAVEL Brasil vai relembrar agora o segundo jogo da decisão estadual do Cariocão de 2015, no qual o Vasco se sagrou campeão do Rio de Janeiro pela 23ª vez em toda sua história, justamente em cima do rival da final deste fim de semana.

Como foi o jogo:

O primeiro ataque relevante do duelo foi do Botafogo, que necessitava vencer já que havia perdido o primeiro jogo por 1 a 0. Bill recebeu em profundidade na ponta canhota e levantou para Luis Ricardo, que acabou finalizando de primeira e para fora.

A insistência do Glorioso era grande. Luis Ricardo avançou pela ponta direita e tocou em profundidade para Bill. O camisa 9 ganhou da marcação mas parou no goleiro Martin Silva, que saiu para fazer a defesa.

O Almirante respondeu em jogada ensaiada. Rodrigo cobrou falta na entada da área, Dagoberto levantou e Luan se movimentou por trás da defesa e por muito pouco não tocou para o fundo das redes. A pressão seguiu. Após bate rebate, Christiano chegou dividindo com Renan e o goleiro de General Severiano levou a melhor.

O Alvinegro da zona sul tentou responder. Willian Arão lançou Rodrigo Pimpão na esquerda. O atacante matou no peito, tirou Madson da jogada e bateu forte para defesa do goleiro uruguaio Martin Silva.

O predestinado da decisão era ele, Rafael Silva. Em saída errada do Botafogo, o camisa 2 Madson roubou a bola, tocou para Guiñazu, o camisa 5 serviu o atacante que finalizou forte e cruzado para fazer o primeiro gol do clássico no finalzinho do primeiro tempo.

No início do segundo tempo o Botafogo foi para cima. Carleto cobrou falta e Martin Silva fez defesa monumental. Na sequência, o camisa 6 bateu o escanteio e Marcelo Mattos subiu para cabecear mas a bola saiu por cima do gol.

O Gigante da Colina quase matou o jogo em uma jogada sem pretensão. Julio do Santos rifou para o ataque, Gilberto ganhou de dois zagueiros e bateu no cantinho de Renan que fez excepcional defesa.

A resposta do time de General Severiano foi com bola na rede. Gilberto dividiu com Guiñazu, ganhou e serviu Diego Jardel que finalizou na saída de Martin Silva para incendiar o clássico na sua reta final.

O golpe de misericórdia do Cruz-maltino veio logo na sequência. Madson bateu lateral, Lucas dominou e achou Gilberto livre. O camisa 9 dominou e bateu cruzado para decretar o título carioca do Vasco da Gama em 2015.

Confira os gols do jogo:

VAVEL Logo