Guia VAVEL do Brasileirão Série B: Criciúma

Saiba como a equipe de Santa Catarina vai para o Campeonato e o que esperar do Tigre no Brasileiro

Guia VAVEL do Brasileirão Série B: Criciúma
Arte: Rodrigo Rodrigues/VAVEL Brasil

O Criciúma estreia no Campeonato Brasileiro Série B no dia 13 de abril, contra o Atlético-GO, fora de casa. Essa é a quarta vez seguida que o clube aparece entre as equipes que vão disputar a competição. Sob o comando de Argel Fucks, o time embalou boa sequência de partidas no Catarinense e visa o acesso no Brasileiro.  Saiba como a equipe vem para a competição.

Campanha no Catarinense e na Copa do Brasil

Foto: Caio Marcelo/Criciúma
Foto: Caio Marcelo/Criciúma

No Campeonato Catarinense, o Tigre terminou na quarta colocação. Inicialmente, a equipe corria risco de ser rebaixada, mas na reta final conseguiu embalar uma sequência sem derrotas, o que a impulsionou para parte de cima da tabela. Ao final, foram sete vitórias, cinco empates e seis derrotas, com 26 pontos ganhos.

Já na Copa do Brasil, o clube enfrentou São Caetano e Cianorte. Na primeira fase, o adversário foi o Azulão. O placar da partida foi 1 a 1, com a vantagem por jogar fora de casa o Criciúma com a vaga. Contra o Cianorte, na segunda fase, o jogo também acabou empatado em 1 a 1, mas desta vez a decisão foi nos pênaltis. Foram 12 cobranças, do lado do Tigre duas foram desperdiçadas e do lado adversário teve apenas um erro, sendo assim, o time catarinense foi eliminado.

Contratações

Foto: Divulgação Tubarão
Liel disputou o Catarinense pelo Tubarão (Foto: Divulgação/Tubarão)

Duas contratações estão encaminhadas para reforçar o grupo no Campeonato Brasileiro Série B. Liel, volante de 28 anos, chega por empréstimo do Tubarão até o final da temporada. A outra peça é o atacante Nicolas, que vem do Caxias-RS.  A expectativa é que eles passem por exames e já estejam à disposição para a primeira partida.

Campanha Série B 2017

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Em 2017 o desempenho não teve uma das melhores campanhas na Série B. Com 48 pontos somados, a equipe terminou a competição na 13ª posição. Foram 12 vitórias, 9 empate e 17 derrotas sofridas.

O que esperar?

Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma

Após encerrar participação no Catarinense, os atletas comandados por Argel se hospedaram no Centro de Treinamento da equipe, onde ficarão até a estreia na Serie B, numa espécie de pré-temporada. Embalados pela boa campanha na reta final da competição regional, os jogadores estão motivados para o Brasileirão e almejam o acesso. O treinador promete reformulações na equipe.

Destaque

Foto: Divulgação Criciúma
Foto: Divulgação Criciúma

Mesmo quando a equipe não estava em seu melhor momento, Douglas Moreira se destacou por boas atuações individuais. O meio-campista de 21 anos concorre ao prêmio de melhor volante do Campeonato Catarinense. Ele chegou a ser sondado por outras equipes, mas renovou contrato com o Tigre até dezembro.

Ponto forte e fraco

Foto: Caio Marcelo/Criciúma 

Um dos pontos fortes da equipe após a chegada de Argel Fucks é o ataque. Desde que o comandante assumiu o clube foram nove partidas, das quais em apenas uma o Criciúma não marcou, e 13 gols. Já o ponto fraco pode ser considerado a defesa do time, que foi vazada em 11 das 18 partidas, sofrendo 18 gols no Catarinense. 

Fique de olho

Foto: Caio Marcelo/Criciúma

 João Paulo é a grande aposta ofensiva para o Brasileirão. O atacante de 21 anos chegou ao clube no início da temporada, vindo do São Paulo. Até o momento ele atuou 17 vezes e marcou dois gols. A expectativa é que o jovem se firme e o número de gols aumente durante a competição nacional. 

Técnico

Foto: Caio Marcelo/Criciúma

Argel Fucks está em sua terceira passagem pelo Criciúma. Quando o comandante retornou à equipe nesta temporada, ela havia acabado de ser eliminada da Copa do Brasil e estava na ponta debaixo da tabela do Catarinense.  Com Argel, o time  deu um salto na tabela, conquistando uma boa sequência na competição, suficiente para escapar do rebaixamento e ficar entre os quatro primeiros.

Estádio

Foto: Divulgação Criciúma

A casa do Tigre é o Heriberto Hülse, também conhecido como Majestoso. O estádio tem capacidade para 19.225 torcedores e é o único do estado que tem cobertura completa. A média de público no Catarinense foi de 3.170 torcedores, tendo o maior número de presentes na partida contra o Figueirense, em 25 de fevereiro, onde 5.445 pessoas foram prestigiar o jogo.