D'Alessandro marca no fim, e Internacional abre vantagem sobre Vitória pela Copa do Brasil
Foto: Internacional/Divulgação

D'Alessandro marca no fim, e Internacional abre vantagem sobre Vitória pela Copa do Brasil

Meia argentino contou com falha incrível de Caíque para garantir vitória Colorada no Beira-Rio

redacaovavel
Sandro Cristiano Höring
InternacionalMarcelo Lomba; Iago, Victor Cuesta, Rodrigo Moledo e Fabiano (Brenner); Rodrigo Dourado, Edenílson, Patrick e D'alessandro; Rossi (Nico López) e Róger (Pottker). Técnico: Odair Hellmann
VitóriaCaíque; Rodrigo Andrade (Lucas Marques), Kanu, Ramon e Pedro Botelho; William Farias (Walisson Maia), Uillian Correia, Yago, Alex Baumjoann (José) e Rhayner; Denílson. Técnico: Wagner Mancini
Placar1-0, min. 17, Patrick. 1-1, min. 42, Denílson. 2-1, min. 89, D'alessandro
ÁRBITROFlávio Rodrigues de Souza, auxiliado por Alex Ribeiro e Miguel da Costa
INCIDENCIASEstádio Beira Rio, Porto Alegre/RS. 4ª Fase da Copa do Brasil 2018

Após mais de vinte dias sem disputar uma partida oficial, o Internacional retornou aos gramados na noite desta quarta-feira (11). Em uma partida muito disputada no estádio Beira-Rio, o torcedor colorado acabou sofrendo, mas no fim D'Alessandro, contando com uma falha incrível de Caíque, deu a vitória colorada por 2 a 1 sobre o Vitória. Patrick havia aberto o placar no primeiro tempo, mas Denílson deixou tudo igual antes do intervalo.

Jogando em casa, o Internacional começou a partida com maior posse de bola e controlando a partida, a primeira chegada com mais perigo da casa foi justamente o lance do gol aos 17 minutos. Aproveitando rebote da zaga, Iago deixou Rossi livre na entrada da área, o atacante colorado tirou o zagueiro da jogada e tocou para Patrick abrir o placar.

Com a vantagem o Internacional administrava a partida, porém a equipe visitante chegou mais ao campo de ataque nos minutos finais da primeira etapa, assustando em algumas oportunidades. Aos 42 minutos, Rodrigo Dourado saiu jogando errado e Rhayner aproveitou. O meia chutou forte, Marcelo Lomba salvou, mas no rebote, Denílson empatou o jogo.

(Foto: Ricardo Duarte / SC Internacional)
(Foto: Ricardo Duarte / SC Internacional)

No segundo tempo a equipe colorada pressionou mais a equipe baiana, Odair Hellmann, treinador do Inter, colocou o time pra frente com as substituições, com as entradas de Nico, Pottker e Brenner. A pressão surgiu efeitos aos 44 minutos, quando D'Alessandro cobrou falta direta pro gol, Caíque que já havia feito defesas importantes na partida acabou falhando e dando a vitória ao Internacional.

Com a vitória da equipe gaúcha por 2 a 1, o colorado pode até empatar na próxima quinta-feira (19) no Barradão que garante a vaga às oitavas de finais da Copa do Brasil. Já o Vitória precisa vencer por por dois gols de diferença para buscar a vaga direta, triunfo por apenas um gol de diferença leva a decisão aos pênaltis, lembrando que a Copa do Brasil não usa mais o gol fora de casa como critério de desempate.

No próximo final de semana, Internacional e Vitória estreiam pelo Campeonato Brasileiro, a equipe baiana estreia em casa diante do Flamengo no sábado (14). Já o Internacional, no domingo (15), joga em casa diante do Bahia.

VAVEL Logo

Esporte Clube Vitória Notícias

há 21 dias
há 24 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há 2 meses
há 2 meses