Guia VAVEL do Brasileirão 2018: Corinthians
(Foto: Editoria de arte/VAVEL Brasil)

Guia VAVEL do Brasileirão 2018: Corinthians

Sem peças fundamentais para o título de 2017, o Corinthians segue com a solidez defensiva, mas peca no ataque para 2018

Caiaoo_
Caio Pavoski

O Corinthians, atual campeão brasileiro e bicampeão paulista de 2018, faz a sua estréia no Campeonato Brasileiro próximo domingo (15), contra o Fluminense, na Arena Corinthians, em Itaquera. A equipe alvinegra surpreendeu na temporada passada e se sagrou heptacampeã brasileira, superando elencos de maior poder aquisitivo, e que normalmente, levam o favoritismo na competição.

Campanha em 2018

Até este momento de 2018, o Timão vem repetindo a premissa vista em 2017. A equipe do Parque São Jorge levou há uma semana, o seu 29° Campeonato Paulista, vencendo o Palmeiras nos pênaltis na decisão, final que não acontecia há 19 anos somando todas as competições disputadas por ambos.

A equipe alvinegra se classificou em primeiro lugar na fase de grupos do campeonato regional, somando 23 pontos com sete vitórias, dois empates e três derrotas, apenas três pontos atrás do líder no placar geral, Palmeiras, que somou 26 pontos.

Durante as fases eliminatórias do torneio, o Corinthians oscilou entre atuações confusas e com muitas dificuldades, chegando a perder em todos os jogos de ida do mata-mata do Paulistão. Entretanto, os comandados de Fábio Carille correspondiam no jogo de volta e acabavam se classificando. Destaque para o jogo de volta das semifinais, contra o São Paulo, em que a equipe levou o confronto para as penalidades após Rodriguinho marcar um gol nos últimos instantes de jogo.

(Foto: Rodrigo Gazzanel/ Agência Corinthians)
(Foto: Rodrigo Gazzanel/ Agência Corinthians)

Já na Libertadores da América, a equipe alvinegra atuou somente em duas rodadas até o momento, contudo, foram o suficientes para garantir a liderança do grupo G, com quatro pontos que foram conseguidos em um empate sem gols na estréia, contra o Millonários e uma vitória por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara, na Arena Corinthians.

Contratações

Para 2018, o Corinthians fez algumas contratações pontuais, visando suprir a ausência de Guilherme Arana, que fora pro Sevilla. Entretanto, a vida de Juninho Capixaba, do Bahia, e Sidcley em um empréstimo com o Atlético Paranaense, ainda parecem incógnitas. Todavia, Sidcley assumiu a titularidade logo após a sua chegada e vem dando conta da titularidade, embora tenha alguns questionamentos por parte da torcida, o lateral vem correspondendo com atuações regulares durante os jogos. 

Com a lateral composta por dois reforços, a zaga também teve a vinda de Henrique, do Fluminense e Marlon, da Ponte Preta. O defensor da equipe carioca vem atuando como titular suprindo a saída de Pablo, ao lado de Balbuena. Marlon, no entanto, ainda não estreou no Paulista, mas deve ser opção para o Campeonato Brasileiro.

No meio de campo, o Timão se reforçou com Renê Júnior, o volante foi destaque do Bahia em 2017, entretanto, não ganhou uma sequência no Paulista devido a uma lesão muscular na coxa, o volante deve voltar para a segunda rodada do brasileirão.

(Foto: Daniel Augusto Júnior/ Agência Corinthians)
(Foto: Daniel Augusto Júnior/ Agência Corinthians)

Outro reforço do Corinthians para 2018, tem uma cara conhecida. Trata-se do volante, Ralf, que despontou na equipe alvinegra nos mais recentes títulos do clube nesta década. Além de ter contratado volantes com características defensivas, o meia-atacante Mateus Vital, de apenas 20 anos foi quem se destacou no Paulista, ocupando a posição de Romero, apesar de ter uma função mais ofensiva.

Com a lateral esquerda sendo uma incógnita, o ataque certamente é o ponto em que o Corinthians tem uma lacuna em branco após perder Jô, para o mercado chinês não repôs à altura. O retorno de Emerson Sheik, aos 39 anos e Júnior Dutra, que também veio do Avaí deram conta durante o Paulistão, mas com muitas dificuldades depois que Fábior Carille abdicou de um centroavante de origem depois das más atuações de Dutra e Kazim, constantemente contestado pela torcida. 

(Foto: Daniel Augusto Júnior/ Agência Corinthians)
(Foto: Daniel Augusto Júnior/ Agência Corinthians)

Uma carta na manga pode aparecer durante a temporada, visto que o jovem atacante, Matheus Matias, contratado vindo do ABC- RN, ainda não está em sua plenitude da forma física mas deve ser testado durante a temporada, visto que ainda não estreou na equipe alvinegra apesar de ter feito seis gols e sido eleito a revelação do Campeonato Potiguar.

Campanha em 2017

O Corinthians heptacampeão brasileiro fez um primeiro turno que foi contra às análises de especialistas e até mesmo o torcedor mais otimista. Na campanha do primeiro turno, o alvinegro não perdeu e venceu 14 partidas e empatou apenas cinco vezes.

(Foto: Daniel Augusto Júnior/ Agência Corinthians)
(Foto: Daniel Augusto Júnior/ Agência Corinthians)

No segundo turno o desempenho veio a cair com o desgaste físico do elenco, mas o Timão ganhou jogos-chave para não ver Palmeiras e nem Santos encostarem. Ao todo, foram 38 vitórias, 21 empates e apenas dez derrotas em 2017 somando todas as competições. No Campeonato Brasileiro, foram 21 vitórias, nove empates e apenas oito derrotas, que coroaram a equipe com o seu sétimo campeonato nacional.

O que esperar do Corinthians em 2018

Apesar de ter vencido o Campeonato Paulista, a equipe não é mais a mesma do ano passado, o elenco é mais limitado e carece por um centroavante. Durante os jogos, a equipe muitas vezes passa a segurança na defesa, mas peca no ataque. 

Fábio Carille teve de usar as peças que tinha nas mãos e trocou a formação de 4-1-4-1 para 4-4-2, sem um centroavante à frente, impondo a missão de chegar à área, para os meio-campistas mais ofensivos, no caso Rodriguinho e Jadson. Além disso, os pontas ajudam, Clayson e Mateus Vital ou Romero, são jogadores participativos no ataque, mas a ausência de uma homem referência na área acaba prejudicando o desempenho do meio para frente da equipe alvinegra.

(Foto: Rodrigo Gazzanel/ Agência Corinthians)
(Foto: Rodrigo Gazzanel/ Agência Corinthians)

Portanto, para 2018, o elenco que está titular da equipe corinthiana e deve se manter ao longo da temporada é: Cássio; Sidcley, Henrique, Balbuena, Fagner; Gabriel, Maycon, Rodriguinho, Mateus Vital, Clayson e Emerson Sheik.

Escalação

Destaque

Rodriguinho certamente é o atleta mais regular do Corinthians nos últimos meses. Eleito um dos melhores jogadores do Campeonato Paulista, premiado com o gol mais bonito, o meio-campista faz um duplo papel em distribuir a bola e chegar à área para finalizar e vem sendo o destaque da equipe alvinegra nesse início de ano. Além disso, o jogador pensa em Copa do Mundo e deve se manter em forma nas partidas iniciais do campeonato para continuar sonhando com uma vaga na Canarinho.

(Foto: Daniel Augusto Júnior/ Agência Corinthians)
(Foto: Daniel Augusto Júnior/ Agência Corinthians)

Fique de olho

O atleta que pode se desenvolver ao longo do brasileirão, é Mateus Vital. Vindo do Vasco, após boas atuações, o jovem de apenas 20 anos mostrou personalidade ao atuar com segurança nos momentos decisivos da campanha no estadual. Mateus também foi quem criou a jogada para o gol de Rodrguinho, contra o Palmeiras, no jogo de volta da final do Paulista. 

(Foto: Daniel Augusto Júnior/ Agência Corinthians)
(Foto: Daniel Augusto Júnior/ Agência Corinthians)

Suas principais características são o drible, velocidade e a criatividade na criação de jogadas. Embora não tenha feito nada de mirabolante, é jogador regular que vem evoluindo com o passar das partidas, tal fato não deve ser diferente ao longo de 2018.

Fábio Carille

O comandante alvinegro, que assumiu permanentemente em 2017 vem mantendo o padrão de jogo organizado e com a solidez defensiva. No entanto, não repôr com atletas à altura, dificultou o trabalho do treinador, que se viu obrigado a mudar a formação tática da equipe, o que deu resultado, visto que faturou seu terceiro troféu consecutivo à frente da equipe corinthiana.

(Foto: Daniel Augusto Júnior/ Agência Corinthians)
(Foto: Daniel Augusto Júnior/ Agência Corinthians)

Arena Corinthians

O estádio e sua torcida é vista como o grande trunfo na manga do Corinthians. Com capacidade para 49 mil torcedores, a arena tem por costume ter um dos melhores públicos dos campeonatos. Em dias que envolvem clássicos paulistas ou nacionais, a multidão chega a vir para torcer em peso, muitas vezes por volta dos 42 a 43 mil corinthianos.

(Foto: Rodrigo Gazzanel/ Agência Corinthians)
(Foto: Rodrigo Gazzanel/ Agência Corinthians)
VAVEL Logo

Futebol Brasileiro Notícias

há 6 horas
há 7 horas
há 8 horas
há 14 horas
há 13 horas
há 16 horas
há 9 horas
há 14 horas
há 18 horas
há um dia
há um dia