Nelsinho lamenta derrota, defende Agenor e fala sobre interesse em Rafael Marques
Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Nelsinho lamenta derrota, defende Agenor e fala sobre interesse em Rafael Marques

Treinador rubro negro lamenta gol tomado no primeiro minuto, que desestabilizou o planejamento da partida

cadealua
Luana Oliveira

Neste domingo (15), Nelsinho Baptista foi para o vestiráriocom a cabeça doendo, após o apito final do árbitro. O sol forte na capital mineira e o placar do jogo contribuiram para o desgaste ao treinador. Sport mostrou um fraco futebol e acabou sendo derrotado por 3 a 0, diante do América/MG. Falhas do goleiro Agenor agregaram para a péssima manhã do time rubro negro, mas o comandante saiu em defesa do goleiro e de todo grupo. 

"O jogo foi comprometido quando tomamos um gol antes do primeiro minuto, porque aconteceu diferete em relação ao que planejamos. Ainda assim, conseguimos evoluir e colocar  volume de jogo no segundo tempo", disse Nelsinho. 

O treinador fez questão de defender o goleiro Agenor, escolhido por ele para substituir Magrão, que passou por uma cirurgia no último sábado (14). 

"Eu jamais vou expôr meu atleta, por isso, digo que todos nós falhamos. Não podemos pegar um atleta e coloca-lo na linha de frente, apontando para ele a culpa pela derrota. Agora vou conversar com o grupo, mostrar nossas falhas para que a gente possa melhorar", explicou o treinador. 

Nelsinho Baptista revelou que conversou várias vezes com o goleiro para tirar a ansiedade em relação a partida. Também falou que não compreende o motivo de Agenor ter tomado para si a culpa pela derrota. "Conversei com Agenor antes da partida, coisa que sempre faço com meus atletas. Deixei claro para ele que confio nele como atleta e pessoa. Por isso que não entendo o motivo dele ter assumido a culpa. Claro que ele é o último homem em campo, mas temos que manter os pés no chão e conversar para corrigir os erros", contou. 

O comandante revelou que o clube procura mais um centroavante, mesmo após a chegada de Carlos Henrique. Um dos nomes falados nos bastidores é Rafael Marques, que está no Cruzeiro. Perguntado sobre o jogador, Nelsinho despistou sobre esse interesse específico. "Não costumo falar sobre um atleta que não pertence ao meu grupo. Queremos um camisa 9, um cara que jogue na área e coloque a bola para dentro do gol, mas precisamos ficar tranquilos. Não podemos agir no desespero, porque assim temos o risco de tomar atitides erradas", finalizou. 

VAVEL Logo

    Sport Club do Recife Notícias

    há 13 dias
    há 14 dias
    há 14 dias
    há 15 dias
    há 18 dias
    há 23 dias
    há 23 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há um mês