Sem favoritos ao título, Série B inicia imprevisível e bastante equilibrada

Ascendentes da Terceirona estreiam sem perder, enquanto um rebaixado da elite venceu; somente um visitante saiu vitorioso em jogo de estreia

Sem favoritos ao título, Série B inicia imprevisível e bastante equilibrada
Voltando a atuar na Segundona após 35 anos, São Bento empatou com Brasil fora de casa (Foto: Jonathan Silva/GEB)

Colaboração de Bruno da Silva

Série B do Campeonato Brasileiro 2018 teve início na última sexta-feira (13), com quatro jogos sendo realizados e os outros seis foram no sábado (14). Das dez partidas, oito tiveram vitória dos mandantes, uma ficou igualada e outra teve triunfo dos visitantes, o que impediu o fato ocorrido em 2003. Na ocasião, nenhum clube que jogou longe de casa venceu, feito único em todas as edições.

Chamou a atenção na rodada inaugural da Segundona o resultado que os times advindos da Série C conquistaram, uma vez que não sofreram a derrota, com Fortaleza, CSA e Sampaio Corrêa vencendo e São Bento empatando. Os rebaixados da elite, por outro lado, venceram somente uma - com o Atlético-GO - vez, já que Coritiba, Avaí e Ponte Preta foram derrotados.

Os resultados ocasionaram, ainda, a demissão de dois dos 20 técnicos, ambos vice-campeões nos respectivos estaduais. Um deles foi Mazola Júnior, que deixou o CRB depois de ser superado pelo Oeste por 2 a 0. O outro é Sandro Forner, demitido do Coxa após revés diante do Paio, pelo mesmo placar.

Fortaleza 2x1 Guarani

Leão do Pici levou a melhor sobre Bugre com gol no último lance (Foto: Pedro Chaves/Fortaleza)
Leão do Pici levou a melhor sobre Bugre com gol marcado no último minuto (Foto: Pedro Chaves/Fortaleza)

O torneio nacional teve abertura no Castelão com a volta do Fortaleza após oito anos consecutivos na Série C, pois batia na trave pelo acesso. Com o fator casa a favor, o Leão do Pici sofreu, mas venceu o Guarani por 2 a 1 e iniciou com o pé direito. Os gols foram marcados por Tinga e Gustagol; Pedro Bortoluzo descontou.

Atlético-GO 3x2 Criciúma

Com dois gols do atacante Tito, Dragão leva a melhor diante do Tigre (Foto: Divulgação/Atlético-GO)
Com dois gols do atacante Tito, Dragão leva a melhor sobre o Tigre no Olímpico (Foto: Divulgação/Atlético-GO)

Também de maneira dramática, o Atlético-GO fez a estreia positiva na competição. No Olímpico Pedro Ludovico em Goiânia, até saiu atrás no placar, todavia conseguiu a virada, levando a melhor por 3 a 2 ao final contra o Criciúma. Tito, duas vezes, e Tomas Bastos fizeram a favor do Dragão, enquanto João Paulo e Nicolas assinalaram pelo Tigre.

Brasil 1x1 São Bento

Xavante sai em vantagem, mas cede empate ao São Bento ainda no primeiro tempo
Xavante sai em vantagem, mas cede empate ao São Bento ainda no primeiro tempo (Foto: Jonathan Silva/GEB)

Brasil e São Bento protagonizaram o único empate dessa 1ª rodada: 1 a 1. Foram 27 finalizações no total na partida no Estádio Bento Freitas e o Xavante, esperançoso pela final do Gaúcho, saiu na frente com gol de Éder Sciola, mas Marcelo Cordeiro, de pênalti, definiu o placar igual no interior do Rio Grande do Sul.

Vila Nova 1x0 Avaí

 (Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova)
Gol solitário do Tigre sobre Leão da Ilha foi marcado por Mateus Anderson (Foto: Douglas Monteiro/Vila Nova)

Com alterações nos titulares e pensando na Copa do Brasil, o Avaí fez o primeiro de dois jogos seguidos no Serra Dourada, já que encarou o Vila Nova e enfrentará o Goiás na quarta-feira (18). O Tigre foi o melhor time da primeira etapa, teve mais chances, mas viu os catarinenses criarem boas chances na segunda etapa, com Lourenço inclusive acertando o travessão.

O técnico Claudinei Oliveira viu a perspectiva de vencer, trocou o volante Judson pelo atacante Rômulo, mas a estratégia não deu certo. Pouco tempo após a mudança ofensiva, Mateus Anderson marcou e deu a vitória aos mandantes: 1 a 0. Alívio para o técnico Hemerson Maria, que vinha pressionado após eliminações para Aparecidense no Goiano e Ferroviário na Copa do Brasil. Os catarinenses não vencem a sete jogos.

CSA 2x1 Goiás

Azulão voltou à Segundona depois de 25 anos com vitória sobre Esmeraldino (Foto:)
Azulão voltou à Segundona após 25 anos batendo Esmeraldino (Foto: Gustavo Henrique/RCortez/Ascom CSA)

Em partida marcada pela apresentação de Walter à torcida, o CSA teve melhor desempenho depois de 25 anos ausente da Segundona e levou os primeiros três pontos. Contra o Goiás, favorito ao título, venceu por 2 a 1 com gols marcados por Niltinho e Michel Douglas, enquanto que David Duarte descontou.

Sampaio Corrêa 2x0 Coritiba

Sampaio foi superior na partida e aumentou crise do Coritiba na temporada (Foto: Lucas Almeida/Sampaio Corrêa)
Sampaio Corrêa foi superior e agravou crise do Coritiba na temporada (Foto: Lucas Almeida/Sampaio Corrêa)

Já o Coritiba, maior orçamento da Série B, estreou decepcionando. No jogo contra o Sampaio Corrêa, fora de casa, só foi finalizar com perigo aos 24 do segundo tempo. Já o time maranhense, mesmo punido com portões fechados, conseguiu a vitória por 2 a 0 com gols de Thalisson Kelven, contra, e Uillian. A Bolívia Querida tem um começo promissor após ir mal no Estadual. O Coxa mandou o técnico embora: Sandro Forner foi o segundo treinador a cair depois de apenas uma rodada da Segundona.

Ponte Preta 0x1 Paysandu

Papão mostra eficiência nas finalizações e é único visitante a vencer na rodada (Foto: Fábio Leoni/Ponte Press)
Papão mostra eficiência nas finalizações e é único visitante a vencer na rodada (Foto: Fábio Leoni/Ponte Press)

Paysandu abdicou de atacar, mas saiu novamente com a vitória, assim como diante do Manaus nas semifinais da Copa Verde. A vítima da vez foi a Ponte Preta, que atuou sem a presença da torcida por confusão ainda na Série A do ano passado, com triunfo pelo placar mínimo. Gol bicolor foi marcado por Cassiano, logo no início da da partida.

Figueirense 2x1 Juventude

Ferrareis marcou o segundo da vitória do Figueira por 2 a 1 (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)
Ferrareis marcou o segundo da vitória do Figueira por 2 a 1 (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)

Campeão catarinense, o Figueirense começa a Série B como um dos candidatos ao acesso. Diante do Juventude, aproveitou as duas finalizações que teve na primeira etapa e marcou com Zé Antônio e Ferrareis - em falha feia da defesa do Papo - para abrir 2 a 0. Os gaúchos cresceram no segundo tempo, e descontaram com o artilheiro do time, Guilherme Queiroz, que fez valer a lei do ex no Scarpelli. Mas não foi suficiente e o time de Milton Cruz confirmou o bom resultado na estreia: 2 a 1 

Outros resultados

Oeste 2x0 CRB - Gols: Bruno Lopes e Pedrinho

Londrina 1x0 Boa Esporte - Gol: Dagoberto