Atlético-AC quebra tabu histórico e conquista primeira vitória diante do Remo

Com gol solitário de Eduardo, ainda no primeiro tempo, Galo leva a melhor sobre Leão na estreia da Série C

Atlético-AC quebra tabu histórico e conquista primeira vitória diante do Remo
Foto: Raphael Graim/Ascom Remo
Atlético-AC
1 0
Remo

A noite desta segunda-feira (16) foi marcada pelo encerramento da 1ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro 2018. Em jogo realizado na Arena da Floresta, em Rio Branco no Acre, o Atlético-AC recebeu o Remo e saiu vitorioso pelo placar mínimo. O gol solitário foi assinalado por Eduardo, ainda no primeiro tempo.

Com o resultado positivo, o Galo assegura seus primeiros três pontos, dividindo a liderança da chave ao lado de Confiança e Globo-RN, já que também venceram na abertura. O Leão, por sua vez, divide a lanterna com Juazeirense e ABC, que foram derrotados como anfitrião e fora de casa, respectivamente, ficando assim sem pontuar.

Os times voltam a campo, pela 2ª rodada da Terceirona, só no próximo fim de semana. Os acreanos vão até Recife para enfrentar o Santa Cruz no Arruda, no domingo (22), às 19h, enquanto que os paraenses fazem a estreia como mandantes ao receber o Globo-RN no Mangueirão, em Belém, às 16h do sábado (21).

A partida começou bastante equilibrada e com raros lances de perigo a ambos os lados. Mesmo assim, o Remo foi para cima, mas não teve o poder criativo. O Atlético, por outro lado, chegou mais incisivo e criou a primeira oportunidade. Polaco deu bom passe para Neto, que chutou à direita do gol.

Camisa 10, Polaco fez boa jogada individual no gol do Galo Carijó (Foto: Raphael Graim/Ascom Remo)
Camisa 10, meia Polaco fez grande jogada individual no gol do Galo Carijó (Foto: Raphael Graim/Ascom Remo)

Pouco tempo depois, no entanto, o Galo demonstrou eficiência e abriu o placar. Polaco fez boa jogada individual pelo lado esquerdo do setor ofensivo, invadiu a pequena área e tentou tocar para Neto. A defesa se mostrou atenta, mas afastou no pé de Eduardo, que ficou com a meta aberta e só teve o trabalho de empurrar ao fundo do barbante.

Na etapa final, os times retornaram sem alterações, com os técnicos se mostrando satisfeitos pela atuação durante os primeiros 45 minutos. A equipe paraense, porém, não abdicou do ataque e visou buscar chegar ao empate. Após cobrança de escanteio na área, Elielton subiu bem e cabeceou sobre o travessão com perigo.

Sem criatividade, o Leão não balançou as redes mesmo criando lances no ataque, um deles com Felipe Marques. Os donos da casa, contudo, administraram bem o resultado que construíram no primeiro tempo e saíram com três pontos nas costas, conquistando também a primeira vitória sobre os azulinos na história.