Henrique comenta sobre jogo contra LaU e afirma: "Um dos mais importantes do ano"

Volante foi alvo de críticas de parte da torcida na derrota para o Grêmio e concedeu entrevista coletiva antes do treino desta terça (17)

Henrique comenta sobre jogo contra LaU e afirma: "Um dos mais importantes do ano"
Henrique é o capitão da equipe celeste (Foto: Cruzeiro/Divulgação)

Após perder no jogo de estreia do Campeonato Brasileiro por 1 a 0, no sábado (14), para o Grêmio, no Mineirão, o Cruzeiro foca agora na Libertadores da América. O volante e capitão da equipe celeste, Henrique, antes do treino na manhã desta terça-feira (17), foi à sala de imprensa para conceder coletiva.

O próximo compromisso do Cruzeiro será na quinta-feira (19), às 21h30, contra o tradicionalíssimo Universidad de Chile, conhecido como LaU, em Santiago, no Chile. A Raposa é lanterna do Grupo 5, com apenas um ponto. Em dois jogos, o Cruzeiro foi derrotado pelo Racing na Argentina e empatou com o Vasco da Gama em casa, no dia 04 de abril.

“O jogo de quinta-feira se tornou um dos mais importantes do ano, isso pelo nosso momento na competição, então é necessário reverter a situação. Vamos em busca da vitória, estamos preparados”, disse o capitão Henrique.

A derrota para o Grêmio foi marcada por vaias no fim do jogo pelo futebol apresentado pela Raposa. Henrique disse que essa derrota já é passado, que o time aprendeu com os erros, que o Cruzeiro tem um time competitivo e está acostumado com jogos decisivos. Citou, ainda, alguns duelos importantes na temporada passada na campanha da Copa do Brasil, e até mesmo este ano na final contra o Atlético MG, em que teve que reverter o resultado e conseguiu êxito nos jogos.

"Somos um time acostumados com grandes jogos, mas que as vezes somos superados pelo adversário (falando do jogo contra o Grêmio), mas a gente está preparado para tudo, cada um conhece seu futebol, sabemos da nossa capacidade e o que precisamos fazer para reverter tudo isso. Sabemos que vivemos de momentos bons e momentos não tão bons, temos que ter equilibrio e tranquilidade", afirmou o volante cruzeirense.

Com uma média de idade alta, o Cruzeiro conta com a experiência de vários de seus jogadores para avançar na Libertadores. Para isso, precisa começar uma reação já no próximo jogo. Henrique, que tem 421 jogos com a camisa celeste, já participou de algumas edições do torneio defendendo as cores da Raposa, inclusive já fez até gol em final do campeonato, em 2009, e é peça importante para essa evolução do time no torneio continental.