Em noite pouco inspirada, São Paulo bate Paraná e estreia com vitória no Brasileirão

Tricolor do Morumbi ganha por 1 a 0, com gol do aniversariante Bruno Alves, de cabeça

Em noite pouco inspirada, São Paulo bate Paraná e estreia com vitória no Brasileirão
Bruno Alves fez o único gol da partida (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
São Paulo
1 0
Paraná
São Paulo: Sidão; Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio, Régis; Jucilei, Hudson, Cueva (Nenê), Lucas Fernanes (Valdívia), Marcos Guilherme; Brenner (Júnior Tavares). Técnico: Diego Aguirre.
Paraná: Richard; Alemão, Jesiel, Rayan, Mansur (Báez); Leandro Vilela (Thiago Santos), Wesley Dias, Carlos Eduardo, Caio Henrique; Silvinho e Diego (Léo Itaperuna). Técnico: Rogério Micale.
Placar: 1-0, Bruno Alves, 36 minutos da primeira etapa.
ÁRBITRO: Braulio da Silva Machado (SC), auxiliado por Assistentes: Kleber Lucio Gil (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC). Amarelos: Régis (44'), Leandro Vilela (58'), Thiago Santos (79'), Júnior Tavares (80'), Sidão (83'), Militão (85').
INCIDENCIAS: Partida válida pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018, realizado no Estádio do Morumbi, localizado em São Paulo.

Bom começo de Brasileirão para o São Paulo. O time dirigido por Diego Aguirre recebe a equipe do Paraná, no Morumbi, na noite desta segunda-feira (16), em partida válida pela 1ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, e saiu vitorioso pelo placar de 1 a 0, com gol marcado pelo aniversariante do dia, o zagueiro Bruno Alves.

O primeiro tempo da partida foi de domínio são-paulino. Com mais finalizações e algumas ações perigosas, o São Paulo marcou seu gol aos 36 minutos, com o zagueiro Bruno Alves, de cabeça, após cobrança de falta de Cueva. A primeira jogada que assustou o gol paranaense aconteceu aos cinco minutos, quando Lucas Fernandes cobrou escanteio, bola passou por todo mundo e Brenner finalizou sem ângulo e para fora. Já aos 11’, Marcos Guilherme cruzou da direita e a bola passou pelo mesmo Brenner e também por Régis, que não conseguiram finalizar o lance.

Aos 18’, em dois lances em sequência, Brenner foi lançado, mas em ambos encontrava-se impedido. No primeiro, Militão lançou da defesa e no segundo, Cueva tentou achar pela esquerda do ataque, o camisa 30 até chutou, mas o lance já estava paralisado. Quatro minutos depois, Marcos Guilherme tentou chute de fora da área, após se livrar da marcação, mas pegou mal e bola saiu em tiro de meta.

Depois de um momento na partida em que o São Paulo começou a tocar a bola sem grande objetividade, eis que aos 33’, Cueva deu lindo passe para Lucas Fernandes, que dentro da área ajeitou a bola e finalizou de esquerda, para boa defesa de Richard. Três minutos após, o gol: Lucas Fernandes é derrubado, Cueva cobra falta muito bem, na cabeça de Bruno Alves e zagueiro cabeceia forte para abrir o marcador, não dando chances ao goleiro adversário.

Aniversariante do dia, Bruno Alves completou 27 anos e marcou de cabeça (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)
Aniversariante do dia, Bruno Alves completou 27 anos e marcou de cabeça (Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net)

A segunda etapa da partida teve mais equilíbrio que a primeira e o Paraná conseguiu chegar ao gol adversário e o São Paulo desperdiçou pelo menos duas boas chances de aumentar o placar. Aos 3’ do segundo tempo, Silvinho fez boa jogada pela esquerda, entrou na área e finalizou para boa defesa de Sidão. No lance seguinte, na cobrança de escanteio, Carlos Eduardo cobrou curto e Caio Henrique finalizou por cima.

O São Paulo chegou perigosamente pela primeira vez no tempo complementar, aos 9 minutos, quando Valdívia cobrou tiro de canto, Rodrigo Caio dividiu de cabeça, e a bolo sobrou para volante Hudson, que finalizou mascado. Dez minutos depois, Régis achou bem Militão pela direita dentro da área, mas o camisa 13 não conseguiu prosseguir com a jogada e Paraná ficou com a bola. Já aos 28’, Valdívia recebeu ótimo passe de Cueva, dentro da grande área, mas demorou para chutar e acabou finalizando contra a zaga.

Aos 38’, São Paulo recuperou bola, Nenê recebeu, girou e chutou de fora da área, para segura defesa de Richard no meio do gol. No minuto seguinte, Régis deu mais um excelente passe, dessa vez para Marcos Guilherme, que chutou na saída de Richard, mas arqueiro fez importante intervenção impedindo o segundo gol são-paulino.

O tricolor paulista, comandado por Diego Aguirre, volta a campo na próxima quinta-feira (19), em jogo decisivo contra o Atlético-PR, no Morumbi, às 19h15, pela Copa do Brasil. Enquanto o Paraná receberá o Corinthians, no próximo domingo (22), pela 2ª rodada do Brasileirão, às 11h, na Vila Capanema.