Avaí fica a frente do placar duas vezes, mas cede empate para Brasil de Pelotas na reestreia de Geninho
Foto: Jamira Furlani/Avaí FC

Avaí fica a frente do placar duas vezes, mas cede empate para Brasil de Pelotas na reestreia de Geninho

Equipes ficaram no 2 a 2 na Ressacada, sendo os quatro gols marcados de cabeça

ritielimoura
Ritieli Moura
AvaíAranha; Guga, Alemão, Betão (C) e Capa; Judson, Pedro Castro (Beltrán), Renato e Luanzinho (Lourenço); Rômulo (Getúlio) e Rodrigão. Técnico: Geninho
Brasil de PelotasMarcelo Pitol; Éder Sciola, Rafael Vitor, Heverton e Artur; Sousa (Welinton Júnior), Vacaria ( Zé Augusto), Valdemir e Alisson Farias; Michel e Lourency (Kaio). Técnico: Clemer
Placar1-0, Renato. 1-1, Michel. 2-1, Getúlio. 2-2, Éder Sciola.
ÁRBITROEmerson de Almeida Ferreira auxiliado por Celso Luiz da Silva e Felipe Alan Costa de Oliveira
INCIDENCIASPartida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro Série B, realizada no estádio da Ressacada

Avaí e Brasil de Pelotas ficaram no empate em 2 a 2 no Estádio da Ressacada na tarde deste sábado (21). Em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro Série B, a equipe da casa ficou na frente por duas vezes, mas cedeu o empate ao Xavante.

O duelo marcou a restreia do técnico Geninho no time catarinense. Ele assumiu a equipe na quinta-feira (19), após a demissão de Claudinei Oliveira.

A participa iniciou movimentada no estádio da Ressacada. Logo aos três minutos o Avaí foi ao ataque com Rômulo, que recebeu na área e mandou à direita do gol de Pitol. Na resposta, o Brasil de Pelotas apareceu no ataque com Artur, que foi até a linha de fundo e cruzou para Lourency finalizar para fora.

O time da casa tinha mais posse e criação no duelo. Aos 14, Rômulo rolou para trás, encontrando Judson, que chegou batendo, mandando perto do gol. Já o Xavante cometia muitos erros em campo.

Aos 30 minutos de bola rolando, Renato abriu placar para o Avaí. Ele recebeu na medida de Capa e subiu mais que a defesa para mandar de cabeça para o fundo do gol. Mesmo na frente no placar, a equipe continuou indo para cima. Aos 36, Judson arriscou um belo chuto de longe, obrigando Marcelo Pitol trabalhar para fazer a defesa.

Apesar do domínio dos mandantes, o Brasil de Pelotas conseguiu o empate ainda na primeira etapa. Após cobrança de escanteio curta, Valdemir cruzou na área e Michel apareceu para desviar para dentro do gol, já nos acre´scimos

No segundo tempo o Avaí já começou levando perigo, após bate-rebate na área, Rômulo aproveitou a sobra, mas acabou pegando mal na bola. Na sequência, a partida passou a ficar mais equilibrada, tendo o Brasil de Pelotas no contra-ataque aos 13 minutos. Na jogada, Michel apareceu livre para receber cruzamento de Alisson Farias e finalizar de canhota, para Aranha fazer bela defesa.

Aos 21, em cobrança de falta, o time da casa novamente assustou. Pedro Castro cobrou com categoria, para Pitol fazer a defesa. Minutos depois, aos 38, Getúlio ampliou o placar de cabeça, após receber cruzamento certeiro de Guga, colocando sua equipe na frente.

A vantagem do Avaí não durou muito tempo. Aos 44, Éder Sciola deixou tudo igual novamente. Após cobrança de falta de Alisson Farias, o lateral subiu e, também de cabeça, marcou. A partida terminou empatada.

O empate garantiu ao Avaí o primeiro ponto na competição, deixando a equipe na 14ª colocação. Na próxima rodada o time enfrenta outro gaúcho, o Juventude, no Alfredo Jaconi, às 16h30 do sábado (28).

O Brasil de Pelotas ficou com dois pontos somados, na 13ª posição. Também no próximo sábado, às 16h30, a equipe enfrenta o Paysandu fora de casa.

VAVEL Logo