Apesar do empate, Aguirre exalta atuação do São Paulo: ''Mostrou uma cara boa''

Treinador ressalta a vontade da vitória, mas valoriza o resultado, e exalta Diego Souza

Apesar do empate, Aguirre exalta atuação do São Paulo: ''Mostrou uma cara boa''
(Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

São Paulo ia conseguindo uma importante vitória no Rio de Janeiro, neste domingo (29). O time paulista vencia o Fluminense por 1 a 0, com gol marcado por MIlitão, até sofrer o empate aos 43 minutos do segundo tempo, anotado por Pedro.

Porém, mesmo ter frisado que gostaria da vitória, o técnico Diego Aguirre, em entrevista coletiva, viu lado positivo no um ponto conquistado no Maracanã. Para ele, o importante é somar pontos e continuar evoluindo.

"Fizemos uma apresentação boa, ficamos perto de ganhar. O São Paulo não conseguiu ganhar, mas mostrou uma cara boa. Não é ruim empatar fora de casa no Brasileiro, semana que vem vamos jogar em casa e podemos tentar ficar entre os primeiros. Acontece, levamos o gol no fim e temos de ver as coisas boas do time", disse o treinador uruguaio.

Mesmo cedendo o empate ao adversário, o São Paulo continua invicto na competição. Após três jogos, o Tricolor soma cinco pontos, com vitória sobre o Paraná por 1 a 0 e empates em 0 a 0 e 1 a 1 contra Ceará e Fluminense, respectivamente.

"Às vezes tomamos gol no começo e às vezes no fim. Temos de continuar melhorando em todos os aspectos. Eu sinto que o time está tomando uma identidade. O Brasileirão é muito longo e temos de começar bem. Estou contente com a atitude dos jogadores".

Quase negociado com o Vasco, o meia-atacante Diego Souza foi elogiado por Aguirre. Para o técnico, o jogador mostrou seu valor dentro do grupo são-paulino.

"O Diego Souza fez um bom jogo. Fazia tempo que ele não jogava, mostrou que pode jogar muito", reforçou.

Para a próxima rodada, que será no sábado, às 19h, contra Atlético-MG, no Morumbi, Diego Aguirre terá mais uma vez uma semana cheia para trabalhar o time. No confronto contra os mineiros, o comandante deverá ter os retornos de Reinaldo, em recuperação de lesão muscular na coxa direita, e Rodrigo Caio, que torceu o pé esquerdo.