Palmeiras viaja para Peru iniciando sequência fora de casa

Serão quatro jogos do Alviverde longe de seu estádio, com três viagens em sequência

Palmeiras viaja para Peru iniciando sequência fora de casa
Jailson e Diogo Barbosa, em treino na Acadêmia de Futebol, antes da viagem ao Peru (Foto: Cesar Greco/Divulgação/SE Palmeiras)

Na última terça-feira (1º) o Palmeiras embarcou para o Peru, local do próximo jogo pela Libertadores e de abertura de uma sequência de jogos fora de casa. O time inicia quatro partidas como visitante indo até Lima, onde enfrentará na quinta-feira (03) o Alianza Lima, pela quinta rodada da Libertadores.

Após isso, o time viaja até Curitiba, onde enfrentará o Atlético Paranaense. Por mais uma competição diferente, o Palmeiras chega em Minas Gerais, onde joga contra o América Mineiro, no dia 9 de Maio, pela Copa do Brasil.

Encerrando a sequência de viagens, o time volta para São Paulo, para jogar a quinta rodada do Brasileirão, onde enfrenta o Corinthians, na casa do rival, no dia 13 de Maio.


Na capital peruana, o Palmeiras treinará na quarta-feira e fará reconhecimento do gramado do estádio Alejandro Villanueva, local da partida. Para os palmeirenses que querem ir até o local do jogo, o preço dos ingressos para o visitante está 80 soles (moeda local), que fica em torno de 85 reais. O Alianza Lima disponibiliza os ingressos pela internet. O duelo ocorrerá às 21h30 (horário de Brasília).


Já classificado, o Palmeiras tem grandes chances de poupar alguns jogadores nesta partida, por conta do desgaste físico. Jogadores como Antônio Carlos, Keno e Marcos Rocha são alguns que podem ser preservados. Duas voltas certas para o time titular são Bruno Henrique e Jailson, que treinaram normalmente na terça (01). Porém, um desfalque certo no time é Felipe Melo, que está com uma inflamação no pé esquerdo. A lesão ocorreu no jogo contra a Chapecoense, no último domingo (29).

O lateral esquerdo Diogo Barbosa comentou sobre a sequência desgastantes de partidas fora de casa
"É claro que a sequência vai desgastando. São momentos cruciais dos campeonatos, e temos que passar por isso. O bom de estar no Palmeiras é que tem atletas para suprir quando precisar".