Renato Chaves comenta sobre reforços para a zaga: "Quem vem é para somar"

Jogador ainda falou que não sabe se Abel Braga irá poupar jogadores visando a partida da Copa Sul-Americana na próxima semana

Renato Chaves comenta sobre reforços para a zaga: "Quem vem é para somar"
Foto: Lucas Merçon / Fluminense

O Fluminense tem a semana livre e se prepara para o confronto contra o Vitória, no próximo domingo (6), às 16h, no Barradão. Uma vitória pode colocar o Tricolor perto das primeiras posições do campeonato. 

O Tricolor viaja logo após a partida do Brasileirão para a Bolívia. Na próxima quinta-feira (10), enfrenta o Nacional Potosí pela segunda partida primeira fase da Copa Sul-Americana. No jogo de ida, saiu vitorioso por 3 a 0. Renato Chaves afirmou que não foi conversado ainda se o treinador Abel Braga irá poupar algum jogador no fim de semana.

"Não me passaram se vai poupar ou não. Todos os jogadores querem jogar todos os jogos. Se depender dos jogadores, tenho certeza que ninguém vai querer ser poupado", disse o zagueiro.

O defensor comentou sobre a chegada de reforços para a zaga e ainda brincou sobre a imprensa já estar escalando o recém chegado Luan Peres entre os titulares.

"Vocês já estão escalando o Luan Peres de titular... (risos). O Abel é que sabe quem vai jogar. Estou fazendo meu papel. Meus números não mentem. Se quiserem olhar meus scouts esse ano para verem se estou bem ou não podem ficar à vontade. Quem vem é para somar. O Brasileirão é longo e quem vier vai vir para ajudar e está caindo em um grupo excelente", falou o jogador.

Renato ainda comentou sobre as declarações de que o grupo do Fluminense é muito jovem e que não tem grande aspirações no Brasileirão. 

"As pessoas falam o que querem. O grupo do Fluminense é bom. Tenho orgulho de participar desse elenco. Vamos surpreender muita gente. Tenho certeza disso. Esse grupo merece todo o respeito e vai conseguir dar bons frutos para o Flu', finalizou.

Confira mais declarações de Renato Chaves:

Crítica do torcedor
Não ligo não. Pode pegar no pé. Torcedor pode falar o que quiser, está pagando ingresso. Se quiser vaiar pode vaiar, se quiser aplaudir pode aplaudir. Vou fazer meu trabalho, independentemente de tudo, e procuro fazê-lo bem. Só tenho a agradecer de estar jogando no Fluminense. É um clube onde muita gente quer estar.

Início no Brasileirão
Independentemente dos resultados, foi consistente. Nosso time está incorporando bem, sabendo jogar cada jogo. E tem a melhorar. Está no começo do campeonato. Almejamos coisas grandes aqui dentro.

Jogo contra o Vitória, fora de casa
Não é uma partida mais tranquila (do que contra São Paulo, Cruzeiro e Corinthians). É fora de casa. Temos que respeitar o Vitória, tem uma grande história. No Brasileirão não tem jogo fácil. Vamos jogar nosso jogo, marcar forte, ter a posse de bola, aproveitar as oportunidades.

Méritos sempre na conta do Abel
Todo mundo tem seu mérito. Quando o time está se encaixando, alguém vai se destacar. Abel é grande treinador, basta olhar para os títulos que tem. Procuramos escutar o que ele fala.

Viagem para Bolívia após jogo contra o Vitória
Será cansativo. Ainda mais porque vai ser um jogo na altitude, com a qual não estamos acostumados. Mas estamos habituados a grandes jogos.