Em noite brilhante, zagueiro Léo analisa a goleada do Cruzeiro contra o Vasco na Libertadores

Autor do primeiro gol na vitória por 4 a 0 contra o time carioca, o zagueiro parabeniza o eficiente ataque celeste

Em noite brilhante, zagueiro Léo analisa a goleada do Cruzeiro contra o Vasco na Libertadores
Léo marcou o primeiro da goleada celeste, levando o time pra liderança do Grupo 5. (Foto: Vinnicius Silva/ Cruzeiro)

O Cruzeiro venceu, nesta quarta-feira (2), sua segunda partida consecutiva pela Copa Libertadores da América. A vítima da vez foi o Vasco, que não conseguiu segurar o eficiente ataque celeste e acabou perdendo por 4 a 0, em São Januário.

Autor do primeiro gol e grande destaque da partida, o zagueiro Léo analisa a importância da vitória frente a equipe carioca. "O Vasco, nos últimos jogos, sempre tem acreditado até o final. Nós sabíamos que era preciso apertar a marcação desde o início para reduzir os espaços e, quando surgirem as oportunidades, trabalhar a bola de um lado pro outro", analisa.

Veterano na equipe cruzeirense, Léo credita seu bom desempenho ao técnico Mano Menezes e projeta seu futuro no time. "Faltam 10 partidas pra eu completar 300 jogos com a camisa do Cruzeiro. Essas são algumas marcas que busco alcançar como atleta profissional, podendo, cada vez mais, ajudar o Cruzeiro a sair vencedor", afirma o zagueiro.

O camisa 3 destaca, ainda, a importância dos seus companheiros Sassá e Thiago Neves na construção do largo placar em São Januário. "A gente sempre fala que a marcação não começa nos zagueiros, e sim, nos atacantes. Isso tem sido fundamental".

O Cruzeiro, agora líder do Grupo 5, enfrentará o Racing, no dia 22 de maio, no Mineirão.