Em Florianópolis, Avaí e São Bento se encontram pela primeira vez na história

Leão vem de vitória fora de casa, e quer se aproximar da parte de cima da tabela; Azulão Sorocabano defende invencibilidade

Em Florianópolis, Avaí e São Bento se encontram pela primeira vez na história
Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC
Avaí
São Bento
Avaí: Aranha; Alemão, Betão, Airton; Guga, Judson, Pedro Castro, Capa; Renato, Rômulo, Rodrigão. Técnico: Claudinei Oliveira
São Bento: Rodrigo Vieira; Éverton Silva, Luizão, João Paulo, Paulinho; Dudu Vieira, Fábio Bahia; Lucas Crispim, Rodolfo, Everaldo; Zé Roberto. Técnico: Paulo Roberto Santos
ÁRBITRO: Francisco Carlos do Nascimento, que será auxiliado por Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Rondinelle dos Santos Tavares, todos de AL
INCIDENCIAS: Partida válida pela 4ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2018, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, SC; a partida começa às 16h30

Pela primeira vez na história, Avaí São Bento vão se enfrentar e com ânimos positivos nesse início de Série B. Enquanto o Leão da Ilha vem de conquistar sua primeira vitória na competição, fora de casa e de virada, os paulistas, vindos da Série C, ainda não perderam na Segundona. A partida na Ressacada, acontece nesse sábado (5), às 16h30.

Depois de 34 anos de ausência, o São Bento retornou à Série B após conquistar o acesso ano passado. Neste meio-tempo, o Avaí disputou 19 edições da Série B, cinco da Série A, e os times não tiveram seus destinos cruzados por nenhuma competição.

Geninho mantém escalação após sucesso em Caxias

Em sua primeira semana cheia de trabalho, o técnico Geninho mudou o esquema tático do Avaí e o time conquistou sua primeira vitória: 3 a 1 sobre o Juventude, de virada, no último sábado (28). Com quatro pontos, o Leão ocupa o 12º lugar, e busca agora um triunfo em casa para se aproximar da parte mais alta da tabela da Série B.

Satisfeito com o desempenho em Caxias do Sul, o técnico Geninho anunciou que não fará mudanças no time titular, buscando uma sequência e um maior entrosamento ao time.

"Para esse jogo, eu não vou mexer. Gostei, acho que a postura do São Bento se assemelha à do Juventude. É bom dar entrosamento, é pouco tempo de trabalho, vai demorar um pouco para funcionar como eu quero, mas ainda acho que demora um pouco. De um jogo para o outro podemos até mudar o esquema, mas vai depender da necessidade do adversário", explicou.

Geninho também elogiou a manutenção do trabalho do São Bento, que mantém uma estrutura desde a Série C do ano passado, e destacou a maturidade adquirida pelo rival ao longo das últimas temporadas;

"São Bento vem com essa base desde a Série C do ano passado, alguns desse grupo estão há mais de ano lá. A estrutura desse time foi bem montada no Paulista, fez uma boa competição. Estão acostumados a enfrentar time grande, não sentem o ambiente, em um campo lotado, com público grande. É um time que vai dar trabalho. Está almejando alguma coisa maior e tem uma estrutura boa para ambicionar isso", analisou.

O Avaí não poderá contar com os meias André Moritz, por uma pequena contusão no ombro, e Marquinhos, liberado após o falecimento do sogro, além do atacante Maurinho, que se recupera de uma lesão muscular.

São Bento espera jogo difícil em Florianópolis

Em seu aguardado retorno à Série B, o São Bento mantém a invencibilidade após três rodadas. No último sábado (28), empatou com o Goiás em casa por 1 a 1, e subiu aos cinco pontos, ocupando o 8º lugar. Na Ressacada, o Azulão vai atrás de sua primeira vitória como visitantes na competição.

Apesar do bom início do São Bento na Série B, o volante Fábio Bahia pregou humildade e destacou a dificuldade que o Azulão espera para jogar na casa do Avaí.

"O Avaí estava na Série A, vem bem na volta do Geninho, que conhece bem o clube. Alguns jogadores retornaram, como o Renato que fez dois gols no jogo passado. É um jogo difícil, são confrontos complicados. Não é porque jogamos bem contra o Goiás que vai ser fácil contra o Avaí, vai ser mais complicado ainda. Vai ser na Ressacada, no campo do adversário fica mais difícil", analisou.

O técnico Paulo Roberto Santos perdeu Celsinho, com uma lesão na coxa, meia que normalmente entra no segundo tempo no São Bento. O experiente Marcelo Cordeiro está recuperado de contusão, mas começará entre os reservas.