São Bento derrota Oeste e mantém invencibilidade na Série B

Confusão generalizada no final do jogo, causou expulsões de Marcelinho, do Azulão, e Guilherme Romão, do Rubrão, mas mandantes garantira vitória

São Bento derrota Oeste e mantém invencibilidade na Série B
Foto: Divulgação/EC São Bento
São Bento
1 0
Oeste
São Bento: Rodrigo Viana; Éverton Silva (Doriva), Luizão, Douglas Assis e Paulinho; Fábio Bahia, Dudu Vieira, Lucas Crispim (Everaldo), Diogo Oliveira e Watterson (Marcelinho); Zé Roberto. Técnico: Paulo Roberto Santos
Oeste: Tadeu; Bruno Lima (Claudinho), Patrick, Lidio e Conrado; Rodrigo Souza, Danielzinho, Bobinha, Léo Arthur (Guilherme Romão) e Mazinho; Bruno Lopes (Carlinhos). Técnico: Roberto Cavalo
Placar: São Bento: Diogo Oliveira, aos 24 do 2T
ÁRBITRO: Daniel Nobre Bins (RS)
INCIDENCIAS: Quinta rodada do Campeonato Brasileiro Série B Local: Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba SP Data: 12 de abril de 2018 (sábado) Horário: 16h30 (de Brasília)

O São Bento recebeu o Oeste, na tarde deste sábado (12), no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro Série B. E com gol de Diogo Oliveira, o Azulão levou a melhor e venceu o confronto por 1 a 0.  Com o resultado, o time de Sorocaba chega à sétima colocação, com nove pontos, três a menos que o líder CSA. Já o Oeste ocupa a 16° colocação, com cinco pontos. 

A primeira chance do jogo foi do São Bento, aos sete minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, Zé Roberto cabeceou da linha da pequena área, e a bola saiu com perigo à direita. O time da casa seguia pressionando e aos 18 minutos veio mais uma chance de perigo, após cobrança de falta lateral, Luizão desviou de cabeça, obrigando o goleiro Tadeu a se esticar todo para mandar para o escanteio. 

Dois minutos depois, Diego Oliveira arriscou, e o goleiro Tadeu não conseguiu agarrar. Porém, Everton não conseguiu aproveitar o rebote. O Oeste só conseguiu melhorar no jogo, nos minutos finais da etapa inicial e conseguiu dar mais equilíbrio a partida. 

E logo no início da etapa complementar, foi o Oeste que levou perigo. Léo Arthur recebeu a bola dentro da área puxou para o pé direito, e bateu colocado, mas a bola saiu tirando tinta da trave. A resposta da equipe mandante veio no lance seguinte. Após choque dentro da área, Zé Roberto ficou caído e o árbitro mandou seguir. A bola sobrou para Everaldo, que cruzou rasteiro, para Zé Roberto, ainda sentado, finalizar com perigo 

Aos 24, o São Bento abriu o placar, com Diogo Oliveira. Que recebeu livre dentro da área e arriscou o chute. A bola, porém, desviou no zagueiro, bateu na trave e foi para o fundo das redes.

O time comandado pelo técnico Paulo Roberto Santos, passou apenas a administrar o placar. Já o Oeste seguia tentando o gol de empate, que quase veio aos 45 minutos, após sobra na entrada da área do Azulão, Claudinho chegou soltando uma bomba, e a bola passou raspando. 

Já nos acréscimos, o clima ficou quente entre as equipes, formando uma confusão generalizada. Jogadores dos dois times, se levantaram do banco de reservas e entraram na confusão. Resultado: Marcelinho do São Bento e Guilherme Romão do Oeste, acabaram sendo expulsos e o árbitro Daniel Nobre Bins encerrou a partida.

Os dois times voltam a campo no próximo sábado (19), às 16h30, e enfrentam dois times que ainda estão invictos na Série B. O São Bento viaja até o Pará para enfrentar o Paysandu, enquanto o Oeste joga na Arena Barueri diante do Vila Nova.