CSA vence Boa Esporte, segue com total aproveitamento como mandante e assume vice-liderança

Azulão encontrou dificuldades para superar adversário, mas conseguiu fazer valer o mando de campo e deu continuidade ao bom início na Série B; mineiros seguem sem pontuar

CSA vence Boa Esporte, segue com total aproveitamento como mandante e assume vice-liderança
Thiago Davino/Especial à VAVEL Brasil
CSA
1 0
Boa Esporte
CSA: Alexandre Cajuru; Muriel (Celsinho, min. 70), Leandro Souza, Xandão e Echeverría; Edinho e Ferrugem; Daniel Costa (Walter, min. 46), Didira (Hugo Cabral, min. 78) e Niltinho; Michel Douglas. Técnico: Marcelo Cabo.
Boa Esporte: Fabrício; Erick, Gustavo Geladeira, Artur Jesus e Elivelton; Amaral, Machado e Thallysson (Jhon Cley, min. 75); Douglas Baggio e Alyson (Daniel Cruz, min. 59); William Barbio (Ygor Catatau, min. 76). Técnico: Daniel Paulista.
Placar: 1-0, Didira, min. 46.
ÁRBITRO: Rodrigo Carvalhães de Miranda (RJ), auxiliado por Silbert Faria Sisquim (RJ) e Wendel de Paiva Gouvêa (RJ) | Cartões amarelos: Elivelton (BOA, min. 14), Alyson (BOA, min. 29), Didira (CSA, min. 34), Jhon Cley (BOA, min. 84), Walter (CSA, min. 93) | Cartão vermelho: Artur Jesus (BOA, min. 94)
INCIDENCIAS: Partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2018, disputada no Estádio Rei Pelé

Não chega a ser regra, mas é consenso que para ter um bom desempenho na disputa de um campeonato longo, é necessário somar o máximo de pontos possível dentro de casa e buscar bons resultados como visitante. O CSA segue o manual à risca e desfruta de um bom começo no retorno à Série B do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste sábado (12), no Estádio Rei Pelé, em Maceió/AL, pela quinta rodada da competição nacional, o Azulão contou com o apoio maciço do bom público presente para conquistar mais uma vitória. Mais difícil que o esperado, a vitória sobre o Boa Esporte foi obtida graças ao gol de Didira, no começo do segundo tempo.

Sem pontuar no torneio nacional, os mineiros fortaleceram a marcação e ficavam à espera de brechas na defesa para chegar com perigo à meta adversária. William Barbio deixou Douglas Baggio livre. O meia avançou e bateu na saída do goleiro, mas Alexandre Cajuru levou a melhor e fez espetacular defesa. Embora tivesse mais posse de bola, faltavam as finalizações aos donos da casa. O Boa Esporte chegou mais uma vez com Machado. Na entrada da área, o volante bateu colocado e o arqueiro azulino defendeu mais uma vez. Os visitantes seguiam mais próximos de abrir o placar. Nos acréscimos, Alyson aproveitou bate-rebate na área para finalizar. Xandão travou em duas oportunidades.

Thiago Davino/Especial à VAVEL Brasil

O técnico Marcelo Cabo modificou a equipe na volta do intervalo com o objetivo do CSA furar o bloqueio e conseguir a vitória. E veio logo no primeiro minuto. O goleiro Fabrício errou na reposição de bola. Ferrugem ficou com a posse, encobriu o marcador e deu primoroso lançamento para Didira. Na área, de frente para o gol, o artilheiro da equipe na temporada balançou as redes e abriu o placar.

Era um jogo de poucas oportunidades, bem disputado no meio de campo. O Boa assustou com Thallyson, que bateu colocado ao aproveitar falha da defesa azul. Cajuru caiu no canto para fazer a defesa. O Azulão ainda teve boa chance de ampliar a vantagem quando Walter acionou Hugo Cabral. O atacante avançou sozinho pela esquerda e tentou encobrir Fabrício, mas errou feio. Nos acréscimos, o zagueiro Artur Jesus pisou em Niltinho e foi expulso. Nada mais a disputar, restou o CSA comemorar mais uma vitória.

Thiago Davino/Especial à VAVEL Brasil

Com o resultado, o Azulão do Mutange segue com máximo aproveitamento como mandante. São três vitórias em três jogos disputados em Maceió. O time assume momentaneamente a vice-liderança da Série B, com 12 pontos, e depende apenas do jogo entre Vila Nova x Ponte Preta para saber se permanece no posto ou cai uma posição. Por outro lado, os mineiros seguem sem pontuar, na última posição.

Os times voltam a entrar em campo no próximo fim de semana. O CSA enfrenta o Londrina às 16h30 do sábado (19), no Estádio do Café, no interior paranaense. Um pouco mais tarde, às 19 horas, o Boa Esporte busca os primeiros pontos diante do Coritiba, no Estádio Municipal de Varginha.