Claudinei Oliveira aponta gol sofrido no primeiro tempo como crucial para derrota do Sport

Leão da Ilha foi derrotado pelo Cruzeiro em Belo Horizonte/MG e teve sequência de bons resultados no Brasileiro interrompida

Claudinei Oliveira aponta gol sofrido no primeiro tempo como crucial para derrota do Sport
Williams Aguiar/Sport Recife

O Sport teve a sequência de três jogos sem perder no Campeonato Brasileiro da Série A interrompida neste domingo (13). Em confronto válido pela quinta rodada da competição nacional e disputada no Mineirão, em Belo Horizonte/MG, o Leão da Ilha foi derrotado pelo Cruzeiro por 2 a 0, com gols assinalados por Dedé e Arrascaeta. Em três partidas como visitante, essa foi a segunda derrota do rubro-negro. Apesar do revés, o técnico Claudinei Oliveira observou razões para exaltar o desempenho de seus comandados, principalmente no primeiro tempo. O treinador lamentou as falhas defensivas que resultaram nos gols do oponente, e citou que o primeiro tento da Raposa foi bastante sentido pelo grupo.

“Fizemos um jogo digno pelo tamanho do adversário, mas, infelizmente, não tivemos competência para abrir o placar. Se a gente fizesse 1 a 0 ou não tivesse tomado o primeiro gol, o segundo tempo ia se apresentar melhor. Fizemos um bom primeiro tempo e trocamos ocasiões de gol. Talvez a gente tenha tido até as mais claras. Fomos punidos no final com um gol. Estávamos organizados para a cobrança de falta, rebatemos a bola e, no segundo cruzamento, Dedé acabou vindo de trás, surpreendendo para disputar com Sander e Gabriel. Isso mexe com a equipe. Conversamos no intervalo e mostramos o primeiro tempo bom”, disse.

Claudinei também apontou o gol de Arrascaeta logo aos 10 minutos da etapa complementar como fator preponderante para os jogadores acreditarem na irreversibilidade do resultado negativo. Com o abatimento, o time sucumbiu e não conseguiu esboçar nenhuma reação. No ponto de vista do técnico, o escrete da Praça da Bandeira mostrou evolução no setor ofensivo, embora essa melhora não tenha resultado em gols nesta manhã.

“Voltamos para empatar a partida. Chamei Everton Felipe para entrar e, antes disso, a gente tomou o segundo gol. Isso comprometeu a estratégia. A ideia era ser mais agressivo, mas o Cruzeiro, com a qualidade que tem, começou a jogar com maior tranquilidade e confiança. A gente evoluiu na questão ofensiva. Principalmente comparando com o jogo do Paraná, que também foi fora de casa. Criamos muito contra o Cruzeiro, poderíamos ter aberto o placar. Fizemos um jogo digno, pela dificuldade do jogo”, explicou Claudinei.

O Sport caiu para a nona posição com a derrota sofrida pelo Cruzeiro, que o superou na tabela de classificação. O time volta as atenções para o confronto contra o Corinthians. O duelo será disputado às 16 horas do próximo domingo (20), na Ilha do Retiro, no Recife/PE, pela sexta rodada do Brasileirão.