Avaí goleia CRB e embala terceira vitória seguida como visitante na Série B
Fotos: Douglas Araújo/ CRB

Avaí goleia CRB e embala terceira vitória seguida como visitante na Série B

Triunfo por 4 a 0, em Maceió, foi o décimo do Leão fora de casa no ano e deixa catarinenses momentaneamente no G-4

bruno-da-silva
Bruno da Silva
CRBJoão Carlos; Ayrton (Bruno Paulo, intervalo), Flávio Boaventura, Edson Borges, Diego Corrêa; Lucas, Tinga; Edson Ratinho, Diego Rosa (Leilson, min. 18/2ºt), Willians Santana (Mazola, min. 11/2ºt); Neto Baiano. Técnico: Júnior Rocha
AvaíAranha; Alemão, Betão, Airton; Guga, Judson, Pedro Castro (André Moritz, intervalo), Capa (João Paulo, min. 29/2ºt); Renato, Rômulo (Getúlio, min. 21/1ºt), Rodrigão. Técnico: Geninho
Placar0-1, min. 10/1ºt, Rodrigão. 0-2, min. 30/1ºt, Renato. 0-3, min. 36/1ºt, Capa. 0-4, min. 15/2ºt, Rodrigão
ÁRBITROVinícius Furlan, auxiliado por Herman Vani e Vitor Carmona, todos de SP. Amarelo: Betão (AVA)
INCIDENCIASPartida válida pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2018, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, AL

O retrospecto do Avaí como um incômodo visitante foi confirmado no Rei Pelé. O CRB não perdia há quatro jogos, mas foi goleado por 4 a 0 na abertura da sexta rodada da Série B. Rodrigão, duas vezes, Renato e Capa marcaram os gols da décima vitória do Leão fora de casa na temporada, a terceira no Brasileiro.

O início de partida pareceu animador para o CRB. Com menos de um minuto, Diego Rosa fez grande jogada pela direita, passou por dois até chegar dentro da área e finalizou forte, mas Aranha brilhou para evitar o gol. Mas, após esse início, o Avaí passou a criar oportunidades, e foi mais eficiente. Aos nove, após lançamento de Guga na esquerda, Capa cruzou para e Pedro Castro finalizou no meio da área, mas João Carlos salvou. No rebote, Rodrigão ficou livre e tocou sem goleiro para abrir o placar.

O gol sofrido não abalou o CRB, que continuou tomando iniciativa - teve 70% de posse de bola nos 45 iniciais - e criando oportunidades. Foram 10 finalizações do Galo, contra oito do Avaí. Aos 15, Edson Ratinho recebeu em velocidade pela direita, cruzou para o meio e Neto Baiano finalizou em boa posição, mas mandou de cabeça por cima do gol. No minuto seguinte, Tinga avançou pela esquerda, cruzou na primeira trave e Neto Baiano apareceu para finalizar, porém parou em bela defesa de Aranha.

Aos 25, Neto Baiano encheu o pé esquerdo de muito longe, mandou no canto e Aranha espalmou. No rebote, Edson Ratinho apareceu para finalizar, mas outra vez o goleiro avaiano apareceu para defender. Apesar das grandes chances, o CRB viu os visitantes serem mais eficientes. Aos 30, Guga recebeu pela direita, tocou na entrada da área e Renato tocou com categoria de canhota, no canto esquerdo, para fazer 2 a 0 para o Avaí.

No minuto seguinte, o CRB quase descontou. Diego ganhou a jogada na esquerda, cruzou no meio e Neto Baiano antecipou Betão para tocar de bico, mandando à esquerda. Apesar desta chance, o time da casa se desencontrou após tomar o segundo, e o Avaí passou a achar muitos espaços para criar várias ocasiões. Aos 34, aproveitando a saída de bola errada do CRB, Getúlio recebeu de Renato, cruzou na cabeça de Rodrigão, que ficou de frente para o gol, mas mandou na rede pelo lado de fora. Na sequência, Capa recebeu na esquerda da área, deixou Boaventura para trás e tocou com categoria para fazer seu primeiro gol em 81 jogos com a camisa do Avaí: 3 a 0.

Por pouco a vantagem não foi ampliada. Aos 37, depois de cruzamento de Guga da esquerda, ninguém afastou e a bola sobrou limpa para Getúlio, que pegou mal e mandou de canhota para longe. Mesmo criando várias chances, o CRB foi ineficiente, saiu para o intervalo vaiado e o Avaí levou grande vantagem para o segundo tempo.

O técnico Júnior Rocha voltou para a segunda etapa com a entrada de Bruno Paulo na vaga de Ayrton, recuou Edson Ratinho para a lateral-direita e buscou mais ofensividade. Logo aos três, Neto Baiano cobrou outra falta, agora de média distância, mandou no canto, mas Aranha espalmou e Capa afastou na sequência.

O CRB continuou criando algumas chances, mas o panorama da primeira etapa permaneceu, com o Avaí tendo uma postura muito segura e achando espaços para explorar. Aos nove, Renato recebeu na entrada da área, limpou bem a marcação de Diego e bateu cruzado, com perigo à direita.

O golpe final do Leão veio aos 14. Rodrigão começou a rodada na entrada da área, soltou para Moritz, que tentou a finalização, porém foi travado. na sequência, a bola voltou para o centro-avante, que finalizou forte, no canto e ampliou a vantagem do Leão: 4 a 0.

Com a vitória do Avaí assegurada, o CRB passou a ter mais cautela e mais paciência para atacar, até para não ceder mais chances aos visitantes. Aos 27, Capa caiu desacordado em uma dividida de cabeça com Lucas, e preocupou, mas se recuperou da trombada - foi substituído por João Paulo pelo técnico Geninho por precaução. Na reta final, o ritmo da partida caiu, os mandantes terminaram com 72% de posse de bola, mas quem comemorou foi o Leão da Ilha.

Com a goleada, o Avaí chegou aos 11 pontos, e assumiu provisoriamente a quarta colocação. Já o CRB parou nos seis pontos, e ocupa a 13ª posição.

O CRB volta a campo na próxima quarta-feira (23), para visitar o Ceará, às 19h15, pela volta das quartas de final da Copa do Nordeste. Pela Série B, joga em Guarani em Campinas, no sábado (26), às 21h. O Avaí volta a campo apenas na sexta-feira (25), quando recebe o Paysandu, às 19h15.

VAVEL Logo

Avaí Futebol Clube Notícias

há 2 dias
há 3 dias
há 7 dias
há 9 dias
há 13 dias
há 21 dias
há 22 dias
há 21 dias
há 24 dias
há 24 dias
há 25 dias