Avaí goleia CRB e embala terceira vitória seguida como visitante na Série B
Fotos: Douglas Araújo/ CRB

Avaí goleia CRB e embala terceira vitória seguida como visitante na Série B

Triunfo por 4 a 0, em Maceió, foi o décimo do Leão fora de casa no ano e deixa catarinenses momentaneamente no G-4

bruno-da-silva
Bruno da Silva
CRBJoão Carlos; Ayrton (Bruno Paulo, intervalo), Flávio Boaventura, Edson Borges, Diego Corrêa; Lucas, Tinga; Edson Ratinho, Diego Rosa (Leilson, min. 18/2ºt), Willians Santana (Mazola, min. 11/2ºt); Neto Baiano. Técnico: Júnior Rocha
AvaíAranha; Alemão, Betão, Airton; Guga, Judson, Pedro Castro (André Moritz, intervalo), Capa (João Paulo, min. 29/2ºt); Renato, Rômulo (Getúlio, min. 21/1ºt), Rodrigão. Técnico: Geninho
Placar0-1, min. 10/1ºt, Rodrigão. 0-2, min. 30/1ºt, Renato. 0-3, min. 36/1ºt, Capa. 0-4, min. 15/2ºt, Rodrigão
ÁRBITROVinícius Furlan, auxiliado por Herman Vani e Vitor Carmona, todos de SP. Amarelo: Betão (AVA)
INCIDENCIASPartida válida pela sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2018, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, AL

O retrospecto do Avaí como um incômodo visitante foi confirmado no Rei Pelé. O CRB não perdia há quatro jogos, mas foi goleado por 4 a 0 na abertura da sexta rodada da Série B. Rodrigão, duas vezes, Renato e Capa marcaram os gols da décima vitória do Leão fora de casa na temporada, a terceira no Brasileiro.

O início de partida pareceu animador para o CRB. Com menos de um minuto, Diego Rosa fez grande jogada pela direita, passou por dois até chegar dentro da área e finalizou forte, mas Aranha brilhou para evitar o gol. Mas, após esse início, o Avaí passou a criar oportunidades, e foi mais eficiente. Aos nove, após lançamento de Guga na esquerda, Capa cruzou para e Pedro Castro finalizou no meio da área, mas João Carlos salvou. No rebote, Rodrigão ficou livre e tocou sem goleiro para abrir o placar.

O gol sofrido não abalou o CRB, que continuou tomando iniciativa - teve 70% de posse de bola nos 45 iniciais - e criando oportunidades. Foram 10 finalizações do Galo, contra oito do Avaí. Aos 15, Edson Ratinho recebeu em velocidade pela direita, cruzou para o meio e Neto Baiano finalizou em boa posição, mas mandou de cabeça por cima do gol. No minuto seguinte, Tinga avançou pela esquerda, cruzou na primeira trave e Neto Baiano apareceu para finalizar, porém parou em bela defesa de Aranha.

Aos 25, Neto Baiano encheu o pé esquerdo de muito longe, mandou no canto e Aranha espalmou. No rebote, Edson Ratinho apareceu para finalizar, mas outra vez o goleiro avaiano apareceu para defender. Apesar das grandes chances, o CRB viu os visitantes serem mais eficientes. Aos 30, Guga recebeu pela direita, tocou na entrada da área e Renato tocou com categoria de canhota, no canto esquerdo, para fazer 2 a 0 para o Avaí.

No minuto seguinte, o CRB quase descontou. Diego ganhou a jogada na esquerda, cruzou no meio e Neto Baiano antecipou Betão para tocar de bico, mandando à esquerda. Apesar desta chance, o time da casa se desencontrou após tomar o segundo, e o Avaí passou a achar muitos espaços para criar várias ocasiões. Aos 34, aproveitando a saída de bola errada do CRB, Getúlio recebeu de Renato, cruzou na cabeça de Rodrigão, que ficou de frente para o gol, mas mandou na rede pelo lado de fora. Na sequência, Capa recebeu na esquerda da área, deixou Boaventura para trás e tocou com categoria para fazer seu primeiro gol em 81 jogos com a camisa do Avaí: 3 a 0.

Por pouco a vantagem não foi ampliada. Aos 37, depois de cruzamento de Guga da esquerda, ninguém afastou e a bola sobrou limpa para Getúlio, que pegou mal e mandou de canhota para longe. Mesmo criando várias chances, o CRB foi ineficiente, saiu para o intervalo vaiado e o Avaí levou grande vantagem para o segundo tempo.

O técnico Júnior Rocha voltou para a segunda etapa com a entrada de Bruno Paulo na vaga de Ayrton, recuou Edson Ratinho para a lateral-direita e buscou mais ofensividade. Logo aos três, Neto Baiano cobrou outra falta, agora de média distância, mandou no canto, mas Aranha espalmou e Capa afastou na sequência.

O CRB continuou criando algumas chances, mas o panorama da primeira etapa permaneceu, com o Avaí tendo uma postura muito segura e achando espaços para explorar. Aos nove, Renato recebeu na entrada da área, limpou bem a marcação de Diego e bateu cruzado, com perigo à direita.

O golpe final do Leão veio aos 14. Rodrigão começou a rodada na entrada da área, soltou para Moritz, que tentou a finalização, porém foi travado. na sequência, a bola voltou para o centro-avante, que finalizou forte, no canto e ampliou a vantagem do Leão: 4 a 0.

Com a vitória do Avaí assegurada, o CRB passou a ter mais cautela e mais paciência para atacar, até para não ceder mais chances aos visitantes. Aos 27, Capa caiu desacordado em uma dividida de cabeça com Lucas, e preocupou, mas se recuperou da trombada - foi substituído por João Paulo pelo técnico Geninho por precaução. Na reta final, o ritmo da partida caiu, os mandantes terminaram com 72% de posse de bola, mas quem comemorou foi o Leão da Ilha.

Com a goleada, o Avaí chegou aos 11 pontos, e assumiu provisoriamente a quarta colocação. Já o CRB parou nos seis pontos, e ocupa a 13ª posição.

O CRB volta a campo na próxima quarta-feira (23), para visitar o Ceará, às 19h15, pela volta das quartas de final da Copa do Nordeste. Pela Série B, joga em Guarani em Campinas, no sábado (26), às 21h. O Avaí volta a campo apenas na sexta-feira (25), quando recebe o Paysandu, às 19h15.

VAVEL Logo

Avaí Futebol Clube Notícias

há 17 dias
há 22 dias
há 23 dias
há 23 dias
há 24 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês