Flamengo recebe Emelec em busca da vitória para se classificar na Libertadores
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo Oficial

Flamengo recebe Emelec em busca da vitória para se classificar na Libertadores

Rubro-Negro precisa somente de uma vitória simples para carimbar vaga nas oitavas de final da Taça Libertadores

vavel
VAVEL
FlamengoDiego Alves; Rodinei, Réver, Juan, Renê; Cuéllar, Paquetá, Diego; Everton Ribeiro, Vinícius Jr.; H. Dourado.
EmelecDreer; Paredes, Jaime, Mejia, Bagüi; Arroyo, Lastra; Orejuela, Matamoros, Preciado; Rojas.
ÁRBITROO árbitro da partida será Diego Haro (PER).
INCIDENCIASPartida válida pela quinta rodada da fase de grupos da Taça Libertadores, Grupo 4. Será disputada no Maracanã, às 21h45, na quarta-feira (16).

É vencer ou vencer. Nesta quarta-feira (16), às 21h45, o Flamengo recebe o Emelec, em pleno Maracanã. Partida essa que marca a volta da torcida ao estádio, que após a confusão na final da Copa Sulamericana no ano passado, pegou um gancho de duas partidas com portões fechados.

A partida será válida pela 5° rodada da fase de grupos da Taça Libertadores. No primeiro confronto, vitória do Flamengo por 2 a 1. Angulo marcou para os donos da casa; Vinícius Jr. entrou na segunda etapa e marcou os dois gols que garantiram três pontos para o rubro-negro.

A equipe carioca, no momento, ocupa a segunda colocação do Grupo 4. Com seis pontos somados - uma vitória fora de casa e três empates, dois como mandante. Enquanto o Emelec, soma apenas um ponto e na última posição da tabela. Só um milagre os classificam.

Barbieri confia na equipe e pede casa cheia

O Flamengo depende apenas de si. 3 pontos separam a equipe da classificação para a tão esperada oitavas de final da competição continental - fato que não acontece desde 2010, quando caiu nas quartas de final. Dentre os brasileiros, o "Mengão" é o recordista em eliminações na fase de grupos - cinco vezes (1983, 2002, 2012, 2014 e 2017).

Portanto, o treinador interino deposita toda a sua confiança nos jogadores que entrarão em campo nesta quarta e na torcida que volta após duas rodadas de suspensão. Barbieri pede o apoio do início ao fim, já que uma vitória classifica o rubro-negro carioca. 

"Dependemos apenas de nós mesmos para nos classificarmos para a segunda fase da Libertadores. Será um jogo fundamental na quarta-feira, o primeiro na Libertadores com a torcida. Espero que ela compareça em peso."

Entretanto, Mauricio também mostrou preocupação com a partida. Justamente por isso, preferiu poupar alguns jogadores na partida do último domingo (13) diante da Chapecoense, que, avaliados pelo departamento fisiológico, estavam com o desgate físico. 

"Avaliamos, muitos estavam desgastados. Nossa ideia era ganhar o jogo contra a capecoense. Mas uma equipe que não vem atuando junto vai ter dificuldades. Erramos mais do que costumamos. Fizemos um primeiro tempo abaixo do esperado. No segundo, crescemos."

O camisa 10 da Gávea, Diego, também comentou sobre a partida que pode definir o futuro da equipe na competição. O meia acredita que a equipe está bastante focada no duelo, e a parte emocional dos jogadores está preparada para suportar a pressão vinda da arquibancada. 

"A equipe vem em uma crescente, resultados positivos. Em uma situação boa em todas as competições. Estamos preparados e chegaremos na quarta-feira psicologicamente fortes, prontos para conquistar um resultado positivo e selar a classificação."

Foto: Gilvan de Souza - FLAMENGO OFICIAL
Foto: Gilvan de Souza - FLAMENGO OFICIAL

Emelec quer estragar festa rubro-negra

Na madrugada desta segunda-feira (14), os equatorianos desembarcaram no Aeroporto Internacional Tom Jobim, sem muito alarde. Mesmo em uma situação bastante complicada na tabela, a equipe de Guayaquil deseja "colocar água no chopp" da torcida carioca. 

A lista de relacionados é um pouco diferente da última partida contra o Delfin, pelo Campeonato Equatoriano. Angulo, De Jesus, Quiñónez e Soliz permanecem lesionados e não vieram ao Rio de Janeiro. Arango e Silva também ficaram no Equador, porém, por uma decisão técnica do treinador A. Arias.

O time ainda não conquistou uma vitória na competição, portanto, se ainda quiser sonhar com uma vaga entre os dois primeiros, é obrigação sair do Maracanã com uma vitória. 

Partida essa que marcará a despedida do treinador uruguaio. Após ficar dois anos no comando da equipe, Arias se demitiu semana passada. Entretanto,o comandante afirmou estar com um bom pressentimento para esta noite de quarta e ainda sonha com uma possível classificação para a próxima fase. 

"Essa será a última partida que dirijo o Emelec. Foi uma decisão que tem vários fatores e variáveis. Ainda não conheço o Maracanã. Para mim será uma sensação totalmente incrível. Em meu interior tem uma pequena luz que diz que podemos fazer outro Maracanazo - disse o técnico, em entrevista no hotel em que o time está hospedado."

Para avançar no torneio, o Emelec precisa fazer sua parte e depender de outros resultados. Sendo mais exato: precisa vencer as duas últimas partidas e torcer para que o Flamengo não vença o River Plate, no Monumental de Núñez, na última rodada.

"A expectativa é a melhor. Sempre temos esperança. Viemos a um país que respeito muito, sei o poder do Flamengo, a história que envolve o Flamengo, mas temos a esperança. Se ganharmos essa partida e a próxima podemos classificar.", finalizou o uruguaio.

Foto: Marcos Pin / API
Foto: Marcos Pin / API

 

 

 

 

 

 

 

 

 

VAVEL Logo

Flamengo Notícias

há 4 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 9 dias
há 9 dias
há 11 dias
há 11 dias
há 14 dias
há 19 dias