Grêmio vence Monagas em fim dramático e carimba vaga nas oitavas da Libertadores
Equipe gaúcha fez os gols da vitória na segunda etapa (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Grêmio vence Monagas em fim dramático e carimba vaga nas oitavas da Libertadores

Equipe tricolor foi superior no jogo, abriu o placar no segundo tempo e sofreu nos últimos minutos, com empate e virada nos acréscimos

Caiaoo_
Caio Pavoski
Monagas-VENBaroja; Ismael Romero, Angel Flores, Trejo e Óscar González; Palacios, Suarez, Garcia, Luis González e Christian Flores; Cádiz.
GrêmioGrohe, Madson, Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Jaílson, Ramiro, Cícero e Alisson; Thonny Anderson.

Na noite desta terça-feira (15), o Grêmio viajou à Venezuela, mais precisamente no estádio Monumental de Maturín, para enfrentar o Monagas. Em confronto válido pelo grupo 1, da Libertadores, os gremistas venceram os venezuelanos pelo por, de 2 a 1, com Ramiro abrindo o placar na segunda etapa, Kannemann fazendo contra nos acréscimos e Jaílson decretando a virada, de pênalti, no último lance da partida.

Com o resultado, o Grêmio chegou aos 11 pontos, reassumindo a liderança do grupo 1, que até então era do Cerro Porteño, que venceu o Defensor por 1 a 0, antes do confronto dos gremistas. Já os venezuelanos ficam na lanterna do grupo, com apenas três pontos.

Agora, as duas equipes só voltam à campo pela Libertadores na próxima semana, no dia 23. O Monagas, vai ao Paraguai, enfrentar o Cerro Porteño, vice-líder do grupo. Enquanto o Imortal recebe o Defensor, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Bola na trave e primeira etapa sem gols

Logo no início do confronto, apesar de estar jogando fora de casa, o Grêmio não se intimidou e foi para cima dos venezuelanos. Logo aos seis minutos de partida, Madson cruzou para Alisson, dentro da área, mas o camisa 23 não chegou na bola e desperdiçou uma chance crucial para inaugurar o placar.

Após o lance de perigo, Alisso teve de ser substituído, após sentir um desconforto na coxa direita e Maicosuel entrou no lugar. Mesmo com a alteração, o Imortal seguiu pressionando com chutes de fora da área, mas encontrando dificuldades para acertar o alvo. 

Aos 35 minutos, Cícero bateu falta colocada e a bola explodiu na trave, dando a melhor chance da primeira etapa para os gremistas, que seguiam cercando a área do Monagas. O gramado prejudicado, atrapalhava no desenvolvimento de jogadas, assim como a marcação do adversário, que se mostrava recuada.

No final da primeira etapa, os donos da casa criaram a melhor chance do confronto. Romero recebeu bola na área, driblou Kannemann e bateu forte, no canto, mas Marcelo Grohe executou defesa providencial, deixando o zero no placar nos 45 minutos iniciais.

Segunda etapa com três gols e final eletrizante

Quando a equipe gremista voltou do vestiário, se mostrou mais agressiva dentro de campo, mas não conseguia impor velocidade do ataque. Logo nos primeiros minutos de partida, Cortez invadiu a área e cruzou forte para o meio. Flores afastou mal e quase mandou contra o próprio patrimônio.

Os donos da casa, por outro lado, se retraíam em seu campo de defesa à espera de um contra-golpe que não veio, visto que a pressão aplicada pela equipe visitante não permitiu que tal jogada se desenvolvesse.

Geromel, levou perigo depois que Ramiro bateu falta e lançou na área. O zagueiro subiu mais alto e cabeceou de costas, para defesa providencial do goleiro Baroja.

Cercando a área adversária como na primeira etapa, Ramiro recebeu de frente para o gol e chutou de média distância, a bola e morreu dentro do gol de Baroja, que com o gramado em más qualidades, foi surpreendido com o chute do meio-campista.

(Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
(Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Após o gol, o tricolor gaúcho ainda se manteve pressionando o adversário, mas continuava encontrando dificuldades em concluir as jogadas a curta distância.

O Monagas ainda assustou, quando Reyes recebeu cruzamento rasteiro dentro da área, após um contra-ataque. No chute rasteiro do atacante, Grohe faz mais uma defesa que evita diretamente no resultado, evitando o empate.

Com a chance de perigo criada, os donos da casa passaram a ser mais presentes no campo de ataque. Entretanto, o Grêmio se recuou, à espera de um contra-ataque.

Todavia, ficar atrás não foi o suficiente para os gaúchos, que viram o Monagas empatar nos acréscimos, quando Kennemann tenta cortar cruzamento e manda contra o próprio patrimônio.

No lance seguinte, o Grêmio foi para cima em busca do desempate e Cícero foi derrubado dentro da área. O árbitro marcou pênalti no último minuto da partida. Jaílson correu para a bola e mandou a bola para um lado e goleiro para o outro, decretando a virada e os três pontos na bagagem para o Grêmio.

VAVEL Logo

Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense Notícias

há um dia
há 2 dias
há 4 dias
há 7 dias
há 10 dias
há 13 dias
há 15 dias
há 16 dias
há 16 dias
há 17 dias
há 17 dias