Com reservas, Santos sofre virada do Luverdense, mas assegura vaga nas quartas

Peixe joga mal, sai derrotado por 2 a 1 em Lucas do Rio Verde, mas segue às quartas de final

Com reservas, Santos sofre virada do Luverdense, mas assegura vaga nas quartas
Foto: Divulgação/Santos Futebol Clube
Luverdense
2 1
Santos
Luverdense: Diogo Silva; Itaqui, André Ribeiro, Kaique e Paulinho; Moisés (Rubinho), Lorran e Diogo Sodré (Élton); Rafael Silva, Lucas Braga e Paulo Renê (Ariel). Técnico: Luizinho Vieira
Santos: Vanderlei; Daniel Guedes, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Jean Mota; Yuri (Gabriel Calabres), Diego Pituca e Vechio (Vitor Bueno); Arthur Gomes, Copete (Eduardo Sasha) e Yuri Alberto. Técnico: Jair Venfura
Placar: Santos: Paulinho (contra), aos 15 do 1T Luverdense: Paulo Renê, aos 31 do 1T; Itaqui, aos 1 do 2T.
ÁRBITRO: Graziani Maciel Rocha (RJ) Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa (FIFA/RJ) e Daniel do Espírito Santo Parrot (RJ)
INCIDENCIAS: Oitavas de final, Copa do Brasil 2018 Local: Passo das Emas, Lucas do Rio Verde (MT) Data: 17 de maio de 2018 (quinta-feira) Horário: 19h (de Brasília)

O Santos visitou o Luverdense, no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde-MT, no jogo de volta das oitava de final da Copa do Brasil. O Peixe foi derrotado por 2 a 1, mas conseguiu se classificar para às quartas de final da competição devido aos 5 a 1 no jogo de ida: o placar agregado foi de 6 a 3. Os gols dos mandantes foram por Paulo Renê e Itaqui. Paulinho, contra, marcou para equipe paulista. 

Com um time quase todo reserva, o Santos comandado pelo técnico Jair Ventura jogou mal e não conseguia criar muitas ocasiões de perigo. Porém, o primeiro tempo foi agitado. O Luverdense, sem muita pressão, buscou o ataque e cedia muito espaço para o Santos contra-atacar. Logo aos seis minutos, o Peixe chegou com Yuri, que finalizou forte, mas mandou para fora. No lance seguinte, foi a vez de Yuri Alberto tentar, mas acabou parando no goleiro Diogo Silva. Aos 15, Daniel Guedes cruzou da esquerda e Paulinho mandou contra o próprio gol para abrir o placar para o Santos. 

Mesmo em desvantagem no placar, o time da casa se lançou no ataque. E aos 20 minutos, em bola alçada na área do Santos, a zaga afastou. Na sobra, Paulo Renê finalizou e Vanderlei fez uma ótima defesa. Aos 31 minutos, porém, Paulinho cruzou e Paulo Renê finalizou, deixando tudo igual. 

No segundo tempo, logo no início, Itaqui cobrou falta direto para o gol e surpreendeu o goleiro Vanderlei, decretando a virada do time da casa. Aos cinco minutos, o arqueiro do Santos fez uma bela defesa na finalização de Lucas Braga. No lance seguinte, Paulo Renê mandou para fora.

A pressão do Luverdense foi diminuindo e o Santos passou a ficar mais tempo com a bola, porém, só conseguiu chegar com perigo aos 43 minutos. Vitor Bueno, que havia acabado de entrar no lugar de Vecchio, parou em uma ótima defesa de Diogo Silva. No rebote, Yuri Alberto mandou para fora. Nos acréscimos, Vanderlei fez mais duas defesas difíceis: nas finalizações de Élton e Rubinho.

O Santos agora foca no Campeonato Brasileiro Série A, onde enfrenta o rival São Paulo, no próximo domingo (20), no Morumbi, ás 16h. Já o Luverdense, pela Série C encara o Tupi, no mesmo dia e horário, no Estádio Municipal Radialista Mário Heleno.