Vinicius Junior (13'1ºT - 1 x 0) e Wagner (17'1ºT - 1 x 1)
Em clássico com quatro expulsões, Flamengo e Vasco empatam no Maracanã
(Foto: Carlos Gregório Jr / Vasco.com.br)

Em clássico com quatro expulsões, Flamengo e Vasco empatam no Maracanã

Jogo foi marcado por muitas faltas, muitas discussões com a arbitragem e por uma enorme confusão no final, que terminou com quatro expulsos; no campo, Vinicius Junior e Wagner marcaram os gols

rafalisboa
Rafael Lisboa

O primeiro clássico dos Milhões do Brasileirão teve a arbitragem no centro das discussões. Em jogo pegado, com alto número de faltas, o futebol acabou ficando de lado, graças a atuação polêmica do árbitro mineiro, Ricardo Marques Ribeiro. No campo, Flamengo Vasco empataram em 1 a 1, resultado ruins para as duas equipes.

O Rubro-Negro perde a liderança do Campeonato Brasileiro para o Atlético-MG, adversário do próximo sábado (26), e cai para a vice-liderança momentaneamente, com 11 pontos. Já o Vasco segue sem vencer a três partidas, ocupa a 6ª posição com 8 pontos e enfrentará o Bahia no próximo domingo (27). 

A primeira chegada do Flamengo foi com 20 segundos, mas Dourado se atrapalhou e não conseguiu tocar para Éverton Ribeiro. A resposta do Vasco veio na sequência, mas a finalização de Thiago Galhardo foi desviada. Apesar da forte chuva que caiu antes do jogo, a partida começou em alta velocidade, com ataques dos dois lados.

Aos poucos, o Rubro-Negro foi ficando mais com a posse de bola, e o Cruzmaltino passou a apostar nos contra-ataques. Em um ataque bem trabalhado, aos 13, Éverton Ribeiro chutou, Martin Silva espalmou e Vinicius Junior abriu o placar, marcando seu primeiro gol no Maracanã: Flamengo 1 a 0.

Após o gol, o Vasco cresceu, e precisou de três chances para empatar aos 17, com Wagner, acabando com a sequência de Diego Alves sem ser vazado, que durou 616 minutos: 1 a 1. Nos escanteios, o Vasco continuou assustando e Diego Alves salvou o Flamengo em duas oportunidades, na segunda o goleiro defendeu uma bomba de Wagner.

O Rubro-Negro seguiu dando espaços na defesa e quase viu o Vasco virar na bicicleta de Yago Pikachu, que Diego Alves segurou firme. Precisando da vitória para seguir líder, a equipe da Gávea não conseguiu passar pela forte marcação vascaína, e ainda perdeu o capitão Réver, lesionado antes do fim da primeira etapa. 

Na volta do intervalo, o Flamengo tomou a iniciativa de partir para o ataque, acionando Vinicius Junior pela esquerda. Mais recuado, o Vasco não conseguiu repetir a forte marcação e deu alguns espaços para o ataque rubro-negro. Quando se encontrou na partida, o Cruzmaltino criou a melhor jogada do segundo tempo, tocando a bola com calma até a finalização de Rios ser travada por Rhodolfo.

Sentindo que a equipe melhorou, Zé trocou o cansado Wagner pelo veloz Kelvin. Mas foi o Flamengo quem usou a velocidade, de Vinicius Junior, para Dourado marcar, mas o gol foi anulado por impedimento do camisa 19. Buscando a vitória, Barbieri trocou um ponta por outro, tirando Vinicius e colocando Marlos Moreno. 

Somente no final, a partida voltou a esquentar. Aos 45, Lincoln perdeu grande chance ao finalizar em cima de Martin, após grande esforço de Marlos. Na sequência, Riascos empurrou Éverton Ribeiro, levou somente amarelo, e a confusão se formou no gramado. Ao fim da confusão, Ricardo Marques expulsou Rhodolfo, Cuéllar, Riascos e Breno. Após quase cinco minutos de paralisação a partida foi reiniciada, mas já não havia tempo para mais nada no Maracanã, e o empate foi ruim para as duas equipes.

VAVEL Logo
    CHAT